Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Pagamento por aproximação sem senha pode ser ampliado para R$ 120

0

Poder fazer pagamentos com cartão de crédito sem digitar a senha certamente é uma grande facilidade. Além de ganhar tempo, você garante maior segurança nessa época de pandemia. Só o fato de não precisar usar as teclas já diminui suas chances de contrair o novo coronavírus enquanto faz o seu pagamento. Mas agora quem usa esse recurso conta mais facilidade: o limite de compras para aproximação pode aumentar.

É provável que você também goste:

Segunda parcela do auxílio emergencial está atrasada há mais de 15 dias

Dataprev finaliza hoje 100% da análise dos cadastros do auxílio emergencial

Sem dinheiro para pagar contas de luz e telefone? Você pode usar cartão de crédito!

Hoje em dia, esse limite é de R$ 50 e não é definido pelos bancos nem fintechs, mas sim pela indústria dos cartões. O novo valor máximo de compras em cartão contactless pode chegar a R$ 120. Essa mudança já estava sendo discutida antes, mas pode ser antecipada por conta do coronavírus.

Ainda há um impasse se o novo limite será R$ 100 ou R$ 120. Esses valores são baseados no valor médio das operações com cartão de crédito. Porém, para se chegar a um limite final, precisa haver um consenso entre as empresas do setor, como as bandeiras dos cartões, os bancos e as fornecedoras de maquininhas. Ou seja, precisamos esperar um pouco para que esse novo limite se torne uma realidade.

Saiba mais sobre a tecnologia contactless

Os pagamentos por aproximação ainda são uma novidade no Brasil, mas têm potencial para serem cada vez mais utilizados. Estima-se que somente 5% dos cartões e celulares possam ser usados para fazer operações sem a inserção de senhas. No caso das fintechs Nubank e C6 Bank, cerca de 70% dos clientes já têm cartões com a tecnologia de aproximação Near Field Communication (NFC).

O Santander, por exemplo, vai além do cartões quando o assunto é permitir que os clientes paguem por aproximação. Essa tecnologia também está presente em pulseiras, adesivos e etiquetas. O celular dos clientes ainda não é a melhor maneira de fazer pagamentos contactless, porque no momento não há integração da tecnologia do banco com iPhones. 

De acordo com a instituição, o uso de pagamentos por aproximação cresceu 200% comparando abril de 2020 a abril do ano passado. Por isso, a meta do Santander é que, até o final deste ano, eles tenham 12 milhões de cartões com tecnologia NFC em uso pelos clientes.

A segurança fica por conta dos próprios dados sobre o comportamento do cliente. Quando a instituição identifica que uma compra está fora do padrão do consumidor, ela pode não ser autorizada. Se ocorrerem fraudes, é de responsabilidade do banco ou fintech fazer o reembolso ao proprietário do cartão.

Pagamento por aproximação sem cartões

Esse tipo de pagamento também pode ser feito por celular, usando apps como Apple Pay, Google Pay, Samsung Pay, entre outros. Entretanto, depende de cada banco se os seus cartões podem ser incluídos nessas carteiras digitais. Se você não tem nenhum desses aplicativos, pode usar o PicPay. Nele, você cadastra seu cartão de crédito e pode fazer pagamentos por aproximação usando em celular em maquininhas da Cielo. Outros apps que funcionam de forma semelhante são o PagBank e o Mercado Pago.

No caso dos serviços de transporte, já não é novidade que as passagens sejam descontadas dos cartões por meio de aproximação. O mais recente é o uso de cartões de crédito em linhas de metrô, como já ocorre no Rio de Janeiro.

Pagamentos em tempos de pandemia

Por causa do novo coronavírus, diversos cuidados precisam ser tomados em nossa rotina, incluindo a hora de fazer pagamentos. Evitar usar dinheiro vivo é a melhor opção, pois as notas e moedas podem estar contaminadas.

Usar o cartão se torna uma opção mais segura principalmente se só você o utiliza. Não deixe que atendentes manuseiem o seu cartão por você. Quando o uso é por aproximação, a chance de você pegar o vírus é ainda menor, por não haver contato com as teclas.

Depois, passe álcool em gel no seu cartão, em sua carteira, bolsa e outros utensílios. Se você atua em estabelecimentos ou faz delivery, higienize a sua maquininha de cartão após cada uso.

Se possível, em aplicativos de delivery, escolha a opção de pagar virtualmente com seu cartão de crédito, débito ou vale-refeição. Assim você só precisa encontrar o entregador para receber seu pedido, não precisando pagar em uma maquininha. Para aumentar a segurança, os apps de entrega de refeições já oferecem a entrega sem contato, quando seu pedido é deixado em um local combinado, sem a entrega em mãos.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Clay Banks / Unsplash

Comentários
Carregando...