Cartão de crédito clonado: saiba o que fazer e como prevenir

0

Anualmente, milhões de consumidores têm seus cartões clonados por hackers e golpistas. Somente no ano passado, o SPC informou que o número de cartões clonados ultrapassou os 3,5 milhões. Além disso, as pessoas acima de 50 anos de idade são as mais atingidas pelos golpes. Mas você sabe o que fazer e como prevenir um cartão de crédito clonado?

É provável que você também goste:

Black Friday: Procon-SP revela lista de sites que você precisa evitar

10 TOP filmes sobre finanças que você precisa assistir

Itália e França têm a economia mais prejudicada com novas restrições da pandemia

O que é a clonagem do cartão de crédito?

Segundo o SPC, birô de crédito brasileiro, a clonagem é definida pela transferência de todos os seus dados pessoais para um cartão de crédito de terceiros. Assim, os golpistas usam o nome e dados bancários da vítima para efetuar transações.

Como a clonagem dos cartões acontece?

Mesmo que a maioria dos cartões brasileiros tenham chip, o que reduz bastante o número de fraudes por dificultar a cópia dos dados, os criminosos atuam com a clonagem online. Então, deixam de fazer a clonagem física através de leitores alterados implantados em caixa eletrônicos e máquinas de pagamento, para roubar os dados online em sites ou aplicativos.

Fui clonado, e agora? O que fazer?

  • Ao perceber compras ou cobranças de gastos que você não reconhece no seu cartão, você pode tomar algumas medidas:
  • Peça o bloqueio ou cancelamento imediato do cartão, assim que perceber o problema;
  • Analise e encontre cada cobrança que você não reconhece;
    Faça um B.O. (boletim de ocorrência), pois se chegar qualquer protesto em seu nome, você poderá comprovar que não usou o cartão;
  • Faça um alerta de documentos roubados, furtados ou perdidos. Acesse o Alerta de Documentos Serasa.

Como me proteger dos golpes?

Existem duas dicas principais para evitar um cartão de crédito clonado em compras online. Assim, a principal dica é comprar somente em sites considerados confiáveis. Além disso, a segunda dica é usar um cartão virtual, oferecido pelos bancos, que pode ser facilmente cancelado.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: Zigres/shutterstock.com

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar