perigos do cartão de crédito

O cartão de crédito facilita a nossa vida pois nos auxilia a fazer compras parceladas que não conseguiríamos normalmente. Além disso, permite que possamos sair sem dinheiro pela rua, o que pode evitar dores de cabeça. Contudo, muitas pessoas acabam se endividando com ele, o que acaba, infelizmente, o tornando um grande vilão. O problema em si, no entanto, não é o cartão de crédito e sim como a pessoa o utiliza. Por isso, confira, logo abaixo, os 5 perigos do cartão de crédito.

Leia também:

Mercado Livre está dando empréstimo para quem não tem cartão de crédito.

Empréstimo pelo WhatsApp? Creditoo libera para empregados CLT.

5 perigos do cartão de crédito que você precisa ficar bem longe

1) Pagar o mínimo da fatura

Essa prática é uma das mais comuns: o consumidor acaba escolhendo pagar o mínimo da fatura, sendo que o restante da dívida, pelas novas regras do cartão de crédito, ficam para o mês seguinte, sujeito aos juros do cartão. Antigamente era ainda pior, pois o consumidor podia sempre pagar o mínimo da fatura, o que fazia a dívida entrar numa verdadeira bola de neve.

2) Sacar dinheiro

Embora tenhamos que cobrir determinada emergência, ficar toda hora sacando o dinheiro fará você realmente se endividar. Isso porque os juros do saque é muito alto. Aconselhamos, se for o caso, que você faça um empréstimo pessoal em vez de cometer esse erro.

3) Encarar o limite como dinheiro disponível

Este é um grande perigo, pois o consumidor, ao utilizar o limite do cartão, estará fazendo um empréstimo imediato, o que significa que precisará pagar e os juros do cartão de crédito são muito altos, como mencionei anteriormente. Além disso, se você costuma usar o cartão de crédito quando o dinheiro acabou no mês, isso significa que, provavelmente, você o encara como uma extensão do seu dinheiro. Mas é preciso pensar: será que você conseguirá pagar a fatura?

4) Obsessão por milhas

Juntar pontos no cartão para trocar por passagens aéreas, por exemplo, obviamente que é uma estratégia para que o consumidor se sinta estimulado a usar o cartão. Isso pode gerar um grande descontrole no consumo e fazer você ficar endividado. Além disso, muitas vezes, as viagens em que é possível trocar as milhas são mais caras do que as sem as milhas e a troca, obviamente, pode não compensar.

5) Não conhecer as condições de crédito

É imprescindível que o consumidor conheça as taxas de juros, a data de corte, vencimento e tudo o que envolve o seu cartão de crédito. Até porque como que você vai controlar o seu cartão se você não o conhece? Leia todo o contrato e entenda possíveis benefícios ou direitos caso algo aconteça.

Considerações Finais

Portanto, é muito importante que você faça um bom planejamento financeiro e se possível guarde dinheiro para eventualidades que possam surgir. Esses são alguns dos perigos do cartão de crédito, mas você ainda pode se deparar com outros. E por isso, é preciso sempre estar atento, pois ficar endividado e com o nome sujo trará inúmeras desvantagens em sua vida. Ou seja, se esforce e tente sempre seguir o seu plano financeiro, assim não cairá em dívidas impagáveis.

Enfim, gostou da dica?

Então nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim, acompanhe artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos e empréstimos. Por fim, bem como tudo relacionado ao mundo das fintechs.

Sobre o autor Ver todos os posts Site

Luiz Felipe Kessler

Graduado em Administração de Empresas pela UFRGS.

Entusiasta de fintechs e tudo o que a tecnologia proporciona de facilidades em nossas vidas.

Fundador dos sites Seu Crédito Digital, Conexão Estudante e do Optclean Tecnologia.

Comentários no Facebook