Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Pix de R$ 1.860 na conta para inscritos do CadÚnico nos próximos dias, confira!

Receba Pix de R$ 1860 na conta: inscritos no CadÚnico, aproveite esta oportunidade agora! Leia mais e saiba como!

Milhares de famílias brasileiras têm a oportunidade de receber Pix de até R$ 1.860, totalizando os recursos de programas sociais do Governo Federal, como Bolsa Família, Auxílio Gás e o programa Pé-de-meia. Dessa maneira, esse recurso vindo de múltiplas fontes traz um alento para famílias em situação de vulnerabilidade.

A partir de julho, esses recursos estão disponíveis para famílias que se enquadram em critérios específicos de pobreza e registro no Cadastro Único. Assim, este suporte financeiro surge como uma forma essencial de auxílio em tempos de desafios econômicos, representando um importante meio de manutenção da dignidade e subsistência para milhares de pessoas.

O que constitui o Pix de R$ 1.860?

Várias notas de reais e moedas pix
Imagem: rafapress / shutterstock.com

A pessoa acumula os R$ 1.860 através da soma de diferentes benefícios previstos pelo governo. O principal deles, o Bolsa Família, contribui com duas parcelas de R$ 679, uma no mês de julho e outra em agosto. Esse é um programa voltado para famílias que vivem sob a linha da pobreza e extrema pobreza, com renda per capita máximo de R$ 218 mensais.

Adicionalmente, o Auxílio Gás proporciona R$ 102 a cada dois meses, com previsão de pagamento em agosto, apoiando as famílias na compra de botijões de gás. Assim, o programa Pé-de-meia, recentemente instituído, visa fomentar a poupança entre os participantes do Bolsa Família, depositando R$ 200 mensais em uma conta poupança, totalizando R$ 400 considerando julho e agosto.

Como as famílias podem acessar esses benefícios?

Para serem elegíveis a esses benefícios, as famílias devem estar com seus cadastros atualizados no Cadastro Único e atender aos critérios de renda de cada programa. Assim, é aconselhável que os beneficiários busquem informações no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo, para garantir que todos os dados estejam corretos e atualizados.

Caso restem dúvidas sobre os benefícios ou necessidade de atualização de cadastro, o número de atendimento do Ministério do Desenvolvimento Social é 121. Dessa maneira, a Caixa Econômica Federal também oferece suporte através do número 111, e consultas podem ser realizadas via internet, pelo aplicativo Caixa Tem ou o aplicativo do Bolsa Família, disponíveis para dispositivos IOS e Android.

Veja também:

Maconha liberada? STF descriminaliza porte para consumo próprio, entenda

Este aporte financeiro proposto pelo governo Federal representa um importante passo em direção ao apoio de famílias em condições de vulnerabilidade durante este período, fomentando não apenas a subsistência, mas também a possibilidade de planejamento financeiro e melhoria de qualidade de vida a longo prazo.

Imagem: Sidney de Almeida/shutterstock.com