Na sexta-feira (18/01), vários clientes da Caixa Econômica Federal tiveram uma surpresa desagradável. Ao acessarem as suas contas bancárias, verificaram os saldos zerados e em algumas vezes até negativos. O dinheiro sumiu de várias contas. De acordo com um comunicado da instituição, o erro ocorreu por processamento de TEDs em atraso, e a situação já estaria regularizada sem prejuizo aos clientes. Entretanto, de acordo com a Proteste – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, os clientes podem receber em dobro o dinheiro que sumiu da conta. Entenda o caso.

Leia também:

Como funciona o empréstimo para MEI – Microempreendedor individual?

Cartão de crédito Cetelem é sem anuidade e sem consulta ao SPC/Serasa

Clientes podem receber em dobro dinheiro que desapareceu das contas na Caixa

De acordo com a advogada Livia Coelho, que é representante da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), o problema pode ser considerado cobrança indevida por parte do banco. Isso é previsto pelo Código Brasileiro de Defesa do Consumidor, e possibilita aos clientes o direito de receberem em dobro o valor que tinham em suas contas.

O consumidor tem que receber este dinheiro de volta e em dobro, como é determinado pelo Código Brasileiro de Defesa do Consumidor. Ademais, ele deve ser ressarcido por eventuais prejuízos que teve em função dessa situação. Para isso, é necessário guardar o extrato da conta e outros comprovantes, inclusive boletos e contas que deixou de pagar em detrimento disso.

A melhor forma de resolver este problema é entrando em contato diretamente com a instituição. Caso não logre êxito assim, é preciso procurar o Procon ou a Proteste. Entretanto, se quiser pleitear danos morais, é necessário acionar o banco judicialmente.

E você, também passou por este problema? Já foi resolvido? Deixe seu comentário logo abaixo.

Gostou da notícia?

Então nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Via Extra