Por que aquele cartão de crédito pré-aprovado não libera?

0

Você está cansado de receber e-mails com uma proposta de cartão de crédito pré-aprovado, e então preenche a proposta e não libera para você? Caixa de entrada de e-mail lotada, SMS que não param de chegar, e nada de conseguir o cartão de crédito? Calma, continue a leitura que vamos explicar aqui o porquê disso acontecer.

É provável que você também goste:

Como ficou o projeto de lei que cria o 14º salário para aposentados do INSS?

Aposentados do INSS ainda podem ter benefício congelado para bancar Renda Cidadã.

Saiba como evitar cair em golpes no cadastro do Pix, do Banco Central

Serasa ensina como aumentar o seu score com o Score Turbo

Por que aquele cartão de crédito pré-aprovado não libera?

Primeiramente, você deve ter recebido este e-mail ou SMS porque se cadastrou em alguma plataforma ou solicitou um cartão de crédito que não foi aprovado. Dessa forma, é feito o disparo do e-mail marketing e todos os clientes acabam recebendo o comunicado.

Quando uma instituição financeira define o status de crédito pré-aprovado, de acordo com as informações que eles tem sobre você, é possível conceder crédito. Entretanto, a aprovação ainda dependerá de uma análise de crédito.

Normalmente, ao aceitar uma oferta de cartão de crédito pré-aprovado, o banco ou administradora de cartões vai fazer uma análise de crédito baseada nas informações que você passou quando fez o cadastro. Caso essas informações sejam divergentes, acontece uma “quebra da confiança”, e você não consegue o cartão de crédito ou empréstimo.

Basicamente, de acordo com a Foregon, a análise de crédito avalia a documentação, renda, órgãos de proteção como (Serasa, SPC), ferramenta própria do banco e avaliação do cartão de crédito solicitado.

Portanto, qualquer divergência nas informações, ou uma grande alteração no seu score de crédito, podem fazer com que aquele cartão que você estava com expectativas de ser aprovado, seja de fato negado. Tome muito cuidado ao informar os seus dados corretamente.

E agora, o que fazer?

A maioria das instituições financeiras guardam um registro em avaliação pelos próximos 6 meses. Com isso, são feitas novas simulações, e caso seja possível uma aprovação, é feito o contato com uma nova proposta.

Cabe ressaltar que você pode solicitar formalmente a exclusão dos seus dados. Para isso, basta entrar em contato com a instituição financeira, e informar que você não tem mais interesse.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: Krakenimages.com via shutterstock

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais