Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Como e por que comprar Criptomoedas?

Como e qual a importância de comprar criptomoedas.

0

A princípio, as criptomoedas surgiram no começo da década passado como um ativo monetário alternativo as moedas tradicionais. Atualmente, no entanto, elas já possuem uma base de valor gigantesco. A ideia por trás da tecnologia seria, sobretudo, a de criar uma moeda que não estivesse sujeita a políticas e decisões arbitrárias. 

É provável que você goste também

Elon Musk pretende se desfazer dos Bitcoins que a Tesla já recebeu

Qual carteira digital rende mais? 99Pay ou PicPay?

Brasileiro vai poder usar criptomoeda para pagar recarga de celular

O que são criptomoedas?

Primeiramente, as moedas convencionais (Real, Dólar, Euro etc.) são emitidas por um banco central e controladas por eles. Em contrapartida, há algumas décadas elas possuíam lastro em ativos reais –normalmente ouro. O que limitava a criação de mais reserva monetária pelos estados.

Porém, depois da retirada desse lastro, não existem muitos fatores restritivo aos bancos centrais no tangente à quantia de moeda que eles poderiam criar e colocar na economia. Sendo assim, há uma certa imprevisibilidade nas taxas de câmbio, o que torna as criptomoedas uma alternativa interessante. 

Do mesmo modo, pela sua própria natureza, as moedas criptográficas preenchem esses pormenores. Elas não são criadas por nenhum mecanismo arbitrário e não são centralizadas, tornando sua taxa de crescimento previsível e, em alguns casos, finita.  

Sendo assim, é notório que tais ativos devam entrar nas suas considerações ao montar uma carteira de investimento. Contudo, é comum surgirem dúvidas sobre como adquirir tais moedas. 

Como comprar criptomoedas?

Existem algumas formas de comprar criptomoedas. A mais comum e fácil é recorrer a uma corretora que tenha essas moedas como um de seus produtos. Hoje, já existem dezenas de corretoras no Brasil que oferecem criptoativos em suas plataformas e sua compra não é mais complicada do que seria comprar uma ação, por exemplo. 

Nesses casos, é necessário realizar um depósito ou transferência para a corretora e, com o saldo adquirido, escolher a quantidade e qual criptomoeda será comprada. Após isso, é só esperar alguns instantes que a ação de compra irá ser concluída.  

Em algumas moedas, é possível fazer a compra sem uma corretora como intermediário. Nesse caso, é necessário criar uma Wallet (carteira) e realizar as transações diretamente com o vendedor.  

Este método traz algumas vantagens, como a economia nas taxas cobradas pela corretora e a segurança de não depender da instituição para a garantia de seus ativos. Porém, ele não é recomendado para iniciantes no mercado de criptoativos, pois envolve algumas operações que podem ser complicadas para leigos no assunto. 

A importância das criptomoedas  

Contudo, ainda existem economistas que desconfiam do real valor das criptomoedas. Paras estes, o ativo está situado numa grande bolha e, algum dia, perderá o grosso de seu valor. 

Porém, a decisão de tornar uma dessas moedas uma parte de seu portfólio é importante. Nos últimos anos, mais do que nunca, as políticas monetárias vêm se tornando imprevisíveis. Assim, também temos inúmeros casos de juros negativos nos países de moeda forte e enormes quantidades de liquidez sendo injetada pelos bancos centrais.  

Em síntese, tal cenário contribui para uma formação de reserva em criptomoedas, com o intuito de proteger o valor de futuras, e cada vez mais esperadas, inflações mundiais.  

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Assim, é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Contudo, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Wit Olszewski / Shutterstock.com

 

- Publicidade -

Comentários
Carregando...