Nessa quinta-feira (dia 2 de julho), termina o prazo para inscrição no Auxílio Emergencial de R$ 600 ou até R$ 1.200. Todos os trabalhadores que se inscreverem até o final do prazo e tiverem seu pedido aprovado receberão o mesmo número de parcelas e valores de quem se cadastrou desde o começa, lá no primeiro dia.

É provável que você também goste:

Cuidado: golpe com o novo saque do FGTS atinge quase 100 mil pessoas. Saiba como se proteger

Aplicativo Caixa Tem demora muito? Saiba como resolver os principais erros

Aposentadoria mais rápida? INSS altera contagem do tempo de contribuição

Prazo para inscrição no Auxílio Emergencial acaba hoje (02)

Após esta quinta-feira (2), os canais usados para tirar dúvidas e receber contestações de pedidos negados do auxílio, o site e o aplicativo da Caixa, permanecerão abertos, mas não será mais possível fazer um novo cadastro.

Por enquanto, o Ministério da Cidadania ainda não esclareceu o que vai acontecer com quem tiver o pedido negado e necessitar fazer um novo pedido ou com aqueles que receberem a mensagem de que os dados informados estão inconclusos e que precisa se cadastrar de novo.

Neste momento, o benefício já está em sua terceira parcela e paga simultaneamente a segunda e a primeira parcelas para os que foram aprovados recentemente.

Requisitos para pedir o Auxílio Emergencial

Primeiramente, para solicitar o Auxílio Emergencial existem regras estabelecidas pelo governo federal, a primeira delas é necessário que o cidadão seja maior de 18 anos, ou mãe chefe de família com menos de 18, que estejam desempregados ou exerçam atividades na condição de:

  • Trabalhador Informal;
  • Microempreendedor Individual (MEI);
  • Contribuinte individual da Previdência Social;
  • Além disso, é necessário se encaixar no limite de renda mensal por pessoa da família, esse valor não pode passar de meio salário mínimo (R$ 522,50) ou a renda familiar total deve ser de até três salários mínimos (R$ 3.135,00).

Como pedir o Auxílio Emergencial?

Para se cadastrar no Auxílio Emergencial, basta acessar a página da Caixa pelo link auxilio.caixa.gov.br e clicar em “Realize sua solicitação”, no início da tela (botão laranja).

O interessado também pode baixar no celular o aplicativo Auxílio Emergencial, disponível para sistemas Android e iOS. Entretanto, quem não tiver acesso à internet, poderá também solicitar em uma agência dos Correios, pois as unidades estão ajudando no cadastro.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: Brenda Rocha / Shutterstock.com

Sobre o Autor

Jadre Marques Duarte Junior

Redator-chefe

Graduado em Administração de Empresas pela UFRGS. Apaixonado por marketing, comunicação e finanças, possuo mais de 8 anos de experiência na área de T.I. aplicada a serviços financeiros.

Ver todos os artigos