O primeiro lote do abono salarial PIS/PASEP 2019/2020 começou a ser pago ontem (14) especificamente para funcionários de instituições privadas nascidos entre os meses de janeiro e fevereiro. Quem tem conta na Caixa Econômica Federal recebe o benefício primeiro. Contudo, aqueles que não possuem, podem sacar o dinheiro somente na quinta-feira (16).

É provável que você também goste:

Birô de crédito SPC Brasil libera consulta ao Cadastro Positivo

Banco PAN é o campeão de reclamações em ranking do Banco Central. Confira a lista completa

Atenção: STF marca data de julgamento para definir correção do FGTS

Primeiro lote do PIS é liberado pela Caixa, com valores até R$ 1.039

O primeiro pagamento é relativo ao PIS. O Pasep, que é destinado a servidores públicos, começa a ser pago na quinta-feira (16). Neste dia, receberá o abono os funcionários com número final de inscrição de dígito “5”.

Os valores a sacar depende dos meses trabalhados em 2018, ano base. Ou seja, para quem trabalhou 30 dias (período mínimo), a quantia será de R$ 86,50. Para os que prestaram serviço durante os 12 meses, o total máximo é de R$ 1.039.

Como saber quanto vai receber do PIS/Pasep?

Basta multiplicar a quantidade de meses trabalhos com carteira assinada em 2018 pelo R$ 86,50, valor mínimo do benefício.

Confira as regras para receber:

  • Ter trabalhado de carteira assinada por no mínimo 30 dias em 2018
  • Ter recebido no máximo dois salários mínimos no período
  • Estar inscrito há pelo menos cinco anos no PIS/Pasep
  • Atualizar corretamente seus dados no Relatório Anual de Informações Sociais (Rais).

Como sacar o PIS/Pasep?

Todos que possuem o Cartão Cidadão podem efetuar o saque nos caixa eletrônicos da Caixa, Correspondentes Caixa Aqui e Lotéricas. Todavia, quem não possui o cartão, deve procurar uma agência da Caixa e apresentar um documento oficial de identificação. Ademais, o trabalhador pode aproveitar para solicitar o Cartão Cidadão e cadastrar sua senha. Quem possuir conta individual na Caixa pode ter o benefício depositado diretamente na conta, caso haja saldo acima de R$1,00 e movimentação.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Imagem: rafapress via shutterstock.com