Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Paulo Guedes não descarta privatizar Banco do Brasil

5

Paulo Guedes não descarta privatizar Banco do Brasil. A equipe de economia do governo federal, comandada por Paulo Guedes, tem o principal foco em equilibrar as contas públicas, mesmo que tenha que privatizar empresas estatais. Por isso, nesta semana, o secretário especial de desestatização e desinvestimento do Ministério da Economia, Salim Mattar, indicou que apenas três estatais iriam ser mantidas: Petrobras, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Leia também:

Ministro Paulo Guedes promete milhões de empregos mas diz que “não vai ajudar vagabundos”.

Privatizações do Banco do Brasil e Caixa estão perto de acontecer?

Seja membro

Cartão TudoAzul Itaucard 2.0 Platinum é sem anuidade, confira outros benefícios.

“Se vendêssemos, poderíamos reduzir nossa dívida a R$ 3 trilhões e poderíamos investir mais em obras de infraestrutura e benefícios para população em saúde, educação e segurança”, informou o secretário.

Paulo Guedes não descarta privatizar Banco do Brasil

Entretanto, segundo a revista Veja, o ministro da Economia, Paulo Guedes, não descarta privatizar o Banco do Brasil. Em uma conversa com um interlocutor, ele teria afirmado que seria “melhor vender enquanto vale alguma coisa”.

Subsidiárias das estatais

Mattar não descartou vender subsidiárias das estatais, incluindo até mesmo as da Petrobras. “A Petrobras é uma companhia muito boa, mas não é o que anunciam em termos de produtividade e eficiência. Quando pegamos outros comparáveis, vemos que a produção de funcionário de outras companhias é o dobro”, declarou.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Para assim acompanhar artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Fonte: Yahoo.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.