Projeto do novo Cadastro Positivo pode facilitar crédito com juros mais baixos

Projeto do novo Cadastro Positivo

O Cadastro Positivo é um mecanismo que permite que as instituições financeiras vejam se os consumidores são bons pagadores. O texto-base do projeto do novo cadastro positivo foi aprovado pelo plenário da Câmara dos Deputados. Com uma votação de 273 a favor e 150 contrários, e com 1 abstenção. No entanto, a Câmara ainda votará destaques ao texto-base aprovado antes da proposta voltar ao senado.

Leia também:

5 dicas para pagar as dívidas e limpar o seu nome.

Empréstimo online: confira as melhores e mais seguras opções da atualidade.

Como funciona o Cadastro Positivo do Serasa e quanto ele ajuda a conseguir crédito.

Projeto do novo Cadastro Positivo

O Banco Central defende que o projeto cria condições para que os consumidores e empresas que pagam as contas em dia consigam acesso a linhas de crédito com taxas de juros mais baixas. E é este, exatamente, o objetivo do Cadastro Positivo. A lei atual, de 2011, o cadastro é realizado apenas pelos consumidores que solicitam a inclusão no banco de dados. No entanto, com o projeto aprovado, o Cadastro Positivo será realizado automaticamente. Caso o consumidor não queira, ele poderá solicitar a exclusão.

Com essa mudança, cada pessoa terá uma pontuação em que classifica o seu histórico de crédito. Serão levados em consideração a adimplência em operações de crédito e os pagamentos de contas de água, esgoto, luz, gás, telefone, entre outras. O que é uma novidade do texto aprovado, pois antes não era considerado informações de pagamentos de serviços continuados. O que significa que pessoas com rendas mais baixas, que não possuem operações de crédito, entrarão no cadastro por pagarem as contas de luz e telefone.

As mudanças, segundo o Banco Central, vão diminuir os riscos das operações de crédito. Ou seja, permitirá a queda do spread, a diferença entre o custo de captação dos bancos e o que é cobrado efetivamente do consumidor final.

Crédito mais barato

A intenção dessas alterações é de que, com o tempo, os bancos possam oferecer crédito mais barato para consumidores com pontuação maior. Isso porque ela terá um bom histórico de pagamentos.

Por fim, o Banco Central deverá encaminhar ao Congresso, no prazo de até 24 meses após a vigência do cadastro, um relatório em que mostrará os resultados alcançados pelas alterações.

Considerações Finais

Sem dúvida que essas alterações no Cadastro Positivo trarão benefícios para os consumidores que são bons pagadores. No entanto, para quem costuma atrasar contas ou até mesmo não pagá-las poderá ser muito prejudicial. Isso porque aí sim não conseguirá obter crédito. Por isso que é muito importante sempre pagar as contas em dia para você ter uma vida financeira saudável.

Coloque todas as suas despesas e receitas numa planilha e faça um planejamento financeiro em que possa cumprir exatamente o planejado. Assim será possível conseguir pagar as contas em dia e ser visto como um bom pagador pelo mercado.

Gostou da notícia sobre o projeto do novo Cadastro Positivo?

Nos siga no FacebookTwitter e Instagram para continuar acompanhando todos os artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto.

Sobre o autor Ver Posts Author website

Luiz Felipe Kessler

Graduado em Administração de Empresas pela UFRGS.

Entusiasta de fintechs e tudo o que a tecnologia proporciona de facilidades em nossas vidas.

Fundador dos sites Seu Crédito Digital, Conexão Estudante e do Optclean Tecnologia.

Comentários no Facebook