Tag - Cadastro Positivo

Associação Brasileira de Crédito Digital apoia o Cadastro Positivo

A Associação Brasileira de Crédito Digital (ABCD) acredita que o Projeto de Lei Complementar 54/2019, que cria o Cadastro Positivo vai ser benéfico às fintechs de crédito. Segundo a ABCD, o Cadastro Positivo é um importante passo para resolver a assimetria de informações entre os participantes do mercado de crédito.

Leia também:

Banco Inter está perto de fechar patrocínio master com o Flamengo.

Mais um diferencial do Nubank: transferência em dia não-útil.

Reclamações de cadastros no SCPC e Serasa aumentam 15% em fev/18.

Associação Brasileira de Crédito Digital apoia o Cadastro Positivo

“Atualmente, uma instituição financeira que queira conceder um empréstimo para alguém ou um comerciante que queira vender uma mercadoria a prazo para um consumidor pode consultar apenas as informações negativas sobre os clientes”, é o que observa Rafael Pereira, presidente da ABCD.

Ele ainda explica que atualmente os participantes do mercado compartilham apenas informações negativas sobre tomadores de crédito. Ou seja, somente nos casos de inadimplência ou atrasos nos pagamentos. Isso faz com que o consumidor seja prejudicado na avaliação de crédito pelo atraso de um pagamento qualquer.

Este exemplo demonstra as consequências da falta de transparência em relação às informações positivas. Isso faz com que todos os consumidores acabem pagando bem mais caro pelo crédito. Portanto, o compartilhamento de informações positivas sobre os consumidores é um passo fundamental para reduzir os juros aqui no Brasil.

Através do Cadastro Positivo, o histórico de bom pagador vira um ativo individual e que deve ser mostrado ao mercado em troca de taxas de juros mais atrativas. Todos podem trabalhar duro e honrar os seus compromissos, e utilizar o Cadastro Positivo como um bem pessoal em um momento de necessidade. Como no financiamento de um veículo ou imóvel ou em um eventual empréstimo.

Ademais, a ABCD também acredita que a tecnologia está mudando a maneira como as pessoas lidam com as informações. Portanto, legislações modernas e que apoiem estes modelos são essenciais para o desenvolvimento do Brasil. A criação do Cadastro Positivo simplesmente concretiza isso. Rafael Pereira ainda acrescenta que inúmeros países países já adotaram o Cadastro Positivo e que nestes países se observa um spread bancário muito inferior ao praticado no Brasil.

Sobre a ABCD

A ABCD (Associação Brasileira de Crédito Digital) é uma associação sem fins lucrativos de âmbito nacional. Ela é formada por fintechs que oferecem produtos e serviços financeiros. Em franco crescimento no Brasil e no mundo, as fintechs estão mudando a dinâmica do mercado de crédito. São três os objetivos principais da ABCD: busca de maior eficiência no ciclo de crédito, fomento de iniciativas que propiciem o desenvolvimento do mercado de crédito digital no qual as fintechs associadas atuam e criação de relacionamento institucional consistente com os reguladores e demais agentes do ecossistema do crédito.

Enfim, gostou da notícia?

Siga-nos em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Acompanhe tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Via Terra

Senado aprova Cadastro Positivo com inclusão automática e compulsória

Senado aprova Cadastro Positivo com inclusão automática e compulsória – O Senado aprovou ontem (13) um projeto de lei que torna a adesão automática e compulsória dos consumidores ao Cadastro Positivo. Agora, o texto vai para sanção presidencial. E agora, será que teremos redução das taxas de juros praticadas no mercado?

Leia também:

Reforma da Previdência: aposentados das estatais poderão ser demitidos sem a multa dos 40%

Promoção da Serasa é uma chance de limpar seu nome sem desembolsar

Senado aprova Cadastro Positivo com inclusão automática e compulsória

A matéria que teve origem no Senado, foi alterada na Câmara dos Deputados e incluiu mais um dispositivo que prevê que a responsabilidade do banco de dados, das fontes de informações e dos consulentes por danos causados ao cadastrado será objetiva e solidária. Exatamente conforme é previsto no Código de Defesa do Consumidor.

O projeto aprovado também contempla algumas exigências. Ele exige aos gestores de bancos de dados que realizem ampla divulgação das normas que disciplinam a inclusão no cadastro. Inclusive, tanto a possibilidade quanto as formas de cancelamento do Cadastro Positivo.

Por fim, a lei exige ainda que o Banco Central encaminhe ao Congresso Nacional relatório sobre os resultados obtidos com as alterações no Cadastro Positivo. O objetivo principal será a redução ou aumento do juros bancários, no prazo de 24 meses.

Será que o Cadastro Positivo vai reduzir os juros?

Certamente será possível reduzir a taxa de juros no caso de financiamentos. Isso seria a contrapartida mínima das instituições financeiras com os consumidores. Contudo, isso pode incorrer em várias medidas que podem prejudicar ainda mais os consumidores, como uma “caça aos maus pagadores”, com o objetivo de reduzir o risco de inadimplência, obviamente.

Todavia, o Cadastro Positivo já existia para quem quisesse aderir, e nunca se ouviu falar em redução de juros com base nele. O que já era largamente utilizado como parâmetro era o score de crédito, que é calculado pela Serasa Consumidor, SPC Brasil e Boa Vista Consumidor. Infelizmente, teremos que aceitar, e “ver para crer” nas supostas vantagens. E você, o que acha disso? Deixe seu comentário logo abaixo.

Gostou da notícia?

Então nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Acompanhe nossos artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.

O Cadastro Positivo ajuda ou atrapalha para conseguir crédito?

Cadastro Positivo ajuda ou atrapalha

O Cadastro Positivo foi criado para ser o contraponto ao Cadastro Negativo, que é utilizado para checar o histórico de mau pagamento (inadimplência) de consumidores ou empresas. Com isso, ele tem o objetivo de inverter essa realidade para o mercado de crédito. Ou seja, o Cadastro Positivo funciona como um histórico do comportamento do consumidor, reunindo informações sobre os pagamentos, empréstimos e financiamentos. Assim, as instituições financeiras conseguem avaliar de uma forma mais justa todo o comportamento do consumidor. Mas será que o Cadastro Positivo ajuda ou atrapalha?

Leia também:

Mercado Pago e Mastercard se unem para lançar novos produtos de pagamento.

Quem pode pedir o empréstimo sem consulta ao SPC e Serasa da Caixa?

Antecipar o pagamento do Nubank ou deixar o dinheiro na NuConta?

O Cadastro Positivo ajuda ou atrapalha para conseguir crédito?

Isso significa que os dados passam a considerar também a pontualidade do consumidor no pagamentos das suas contas, registrando compromissos e hábitos de pagamentos. Ou seja, o Cadastro Positivo lista os bons pagadores e aqueles que cumpriram com os seus compromissos em dia.

Antes, com o Cadastro Negativo, qualquer atraso de contas poderia dificultar o acesso ao crédito, pois as informações de pagamentos em dia não eram computadas. Ou seja, ele permite que haja uma verificação se o não pagamento foi um problemas apenas pontual diante do histórico de bom pagador do consumidor.

Quais os dados são analisados no Cadastro Positivo?

A partir do momento que o consumidor abrir o Cadastro Positivo, automaticamente todas as contas pagas e transações que ele realiza começam a ser registradas, criando um histórico de seu nome. São as instituições financeiras e os bancos que repassam os dados para o Cadastro Positivo.

Segundo o SPC, os seguintes dados são analisados:

  • Valor total da compra;
  • Valor das parcelas;
  • Data dos vencimentos;
  • Data dos pagamentos;
  • Valor dos pagamentos;
  • Dados cadastrais do consumidor.

Entram para o histórico as seguintes despesas:

  • Água;
  • Luz;
  • Gás;
  • Telefone;
  • Assistência médica;
  • Odontológica;
  • Internet;
  • Escola;
  • Instituições financeiras;
  • Administradoras de créditos;
  • Financiamentos;
  • Empréstimos;
  • Compras a prazo.

Quem está negativado pode entrar para o Cadastro Positivo?

Os consumidores que estão com o nome negativado podem aderir ao Cadastro Positivo. Até porque as contas que eles pagarem em dia também entrarão no histórico, o que pode beneficiar caso seja feira uma análise mais completa.-

Até mesmo quem está com o nome negativado pode entrar para o Cadastro Positivo – as contas que você pagar em dia também entrarão para seu histórico e podem te beneficiar em uma análise mais completa.

Benefícios do Cadastro Positivo

Ao aderir ao Cadastro Positivo e seguir sendo um bom pagador, você terá mais chances de conseguir o seguinte:

  • Empréstimos com juros mais baixos;
  • Maior prazo para pagamento dos empréstimos;
  • Maiores chances de conseguir aprovação em empréstimos, cartões de crédito e financiamentos;
  • Aumento do score de crédito;
  • Profissional autônomo que não consegue comprovar renda, poderá ter mais chances de conseguir crédito.

Desvantagem em aderir ao Cadastro Positivo

Ao aderir ao Cadastro Positivo e não conseguir honrar com suas contas, o consumidor estará arranjando um problema a mais para si, pois as instituições financeiras além de terem acesso às negativações, constatarão também que você não costuma pagar em dia suas contas.

Cadastro Positivo ajuda ou atrapalha?

Portanto, com certeza, se você for um bom pagador e sempre honrar com os seus compromissos financeiros, o Cadastro Positivo estará agregando mais informações pertinentes ao seu histórico de pagamentos. Em contrapartida, se o consumidor não consegue se organizar financeiramente e está sempre endividado, não conseguindo pagar as contas, o Cadastro Positivo poderá dificultar ainda mais a sua vida.

E você o que acha? Cadastro Positivo ajuda ou atrapalha? Comente logo abaixo!

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Dica Matadora para conseguir aumento do limite do Nubank

aumento do limite do Nubank

Uma das principais dificuldades primeiramente é conseguir ser aprovado na análise de crédito do Nubank. Mas depois que o cliente é aprovado, ele passa por outra dificuldade: o baixo limite disponibilizado pela fintech. Confira nossa Dica Matadora para conseguir aumento do limite do Nubank.

Leia também:

Como atualizar a renda no Nubank para ganhar aumento de limite.

Por que o Nubank aumenta o limite do cartão de crédito “do nada”?

5 truques para aumentar o limite do Nubank.

Por isso, é importante você seguir algumas dicas padrões, como pagar sempre em dia sua conta, atualizar seus dados e sua renda no aplicativo, entre outras dicas  que você pode ler aqui.

Dica Matadora para conseguir aumento do limite do Nubank

Mas agora a grande dica que você deve fazer, se for um bom pagador, é ativar o Cadastro Positivo disponível no próprio aplicativo do Nubank. Isso porque o Cadastro Positivo Boa Vista é integrado e serve como um registro de informações fornecidas pelas instituições financeira. Ou seja, informa se o consumidor é um bom pagador e se possui dívidas em seu nome.

Ao ativar o recurso, o cliente estará possibilitando que o Nubank acesse ao seu score de crédito. Isso significa que poderá tornar mais fácil o aumento do limite do cartão de crédito. Pois estará colaborando com a análise de crédito da fintech.

No entanto, é importante que você sempre tenha tido um bom histórico de pagamentos e que siga sempre mantendo isso. Assim ficará mais fácil para conseguir aumento de crédito.

Considerações Finais

Por fim, é muito importante que você consiga cumprir todos os pagamentos em dia. Assim, as suas chances de conseguir crédito no mercado financeiro em geral será aumentada. Já no Nubank, isso também é importante e, além disso, se possível, se inscreva no Cadastro Positivo disponível no próprio app da fintech.

Gostou do artigo?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim, acompanhe os artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto das fintechs.

Como cancelar o Cadastro Positivo pela internet (Serasa, SPC e SCPC)

O Cadastro Positivo foi criado com a intenção de melhorar o score de crédito dos consumidores. Contudo, como falamos anteriormente aqui no site, em alguns casos ele prejudica o score de crédito, e realmente não vale a pena aderir. Confira o que você precisa fazer para cancelar o Cadastro Positivo aqui neste post.

Afinal, o Cadastro Positivo ajuda ou atrapalha para conseguir crédito?

Presidente do Itaú diz que instituição não vai criar banco 100% digital.

Como cancelar o Cadastro Positivo

De acordo com as críticas dos internautas nas redes sociais e especialmente no site Reclame Aqui, é mais complicado cancelar o seu Cadastro Positivo do que aderir. É necessário ir presencialmente e levar documentos ou enviar pelos Correios toda a sua documentação e o termo de responsabilidade, com autenticação e reconhecimento de firma. Entretanto, é possível também cancelar o seu Cadastro Positivo pela internet, mas é necessário possuir um Certificado Digital. Veja como fazer isso.

Todas as empresas de análise de crédito disponibilizam maneiras tanto de aderir ao Cadastro Positivo, como para cancelar. Confira cada uma delas com os detalhes para o cancelamento do Cadastro Positivo.

Boa Vista Serviços

A Boa Vista Serviços disponibiliza um formulário para o Termo do Cancelamento do Cadastro Positivo. Você precisa preenchê-lo e entregar pessoalmente em uma das lojas ou pelos Correios, ou ainda utilizando um Certificado Digital.

SPC Brasil

De acordo com o site do SPC Brasil, existem duas formas de cancelar o seu Cadastro Positivo.

Uma delas é presencialmente, indo direto em uma Câmara de Dirigentes Lojistas ou Associações Comerciais mais próximas de você. É necessário levar um documento de identificação original com foto.

Outra maneira é cancelar online, diretamente pelo site do SPC Brasil. Entretanto, é necessário saber a sua senha e possuir um certificado digital.

Serasa Experian

Primeiramente, você precisa entrar neste link e preencher algumas informações, como o seu CPF, nome completo, data de nascimento, telefone, e mais algumas informações. Feito isso, é necessário enviar pelos Correios o termo de responsabilidade com autenticação e reconhecimento de firma, entregar pessoalmente em uma agência da Serasa Experian, ou pelo site, utilizando o certificado digital.

Como obter um certificado digital

Para obter um certificado digital, o primeiro passo é escolher uma autoridade certificadora, que funciona como se fosse um cartório digital. Existe uma infinidade de autoridades certificadoras, todas elas subordinadas ao ICP-Brasil, que monitora e regulamenta a emissão destes certificados no Brasil. Você pode conferir a relação completa aqui neste link.

Gostou da notícia?

Siga nossas redes sociais como FacebookTwitter e Instagram. Acompanhe notícias e artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.

Entenda o que vai mudar com a adesão automática ao Cadastro Positivo

adesão automática ao Cadastro Positivo

Entenda o que mudará com adesão automática ao Cadastro Positivo. As novas regras do Cadastro Positivo afetarão a todos os consumidores do país. Isso significa que as empresas terão acesso a uma espécie de lista de bons pagadores. Ou seja, os que são bons pagadores poderão ter direito a contratar serviços financeiros com taxas mais baixas. O novo projeto de lei está tramitando no Senado e, se for aprovado, automaticamente, condicionará a contratação de crédito à capacidade de pagamento do consumidor.

O Cadastro Positivo mesmo que tenha sido criado em 2011, sempre foi voluntário, fator que influenciou que a ferramenta não tenha sido tão eficaz na redução dos juros. No entanto, a mudança prevista no projeto de lei, fará o consumidor ter a adesão automática ao Cadastro Positivo. Portanto, os dados do histórico de crédito como pagamentos de contas e empréstimos podem ser consultados por lojas, empresas de serviço público, bancos e outras instituições.

Leia mais:

Afinal, o Cadastro Positivo ajuda ou atrapalha para conseguir crédito?

Entenda o que vai mudar com a adesão automática ao Cadastro Positivo.

Como ativar o cadastro positivo do Nubank para conseguir mais limite de crédito.

Como aumentar o seu score de crédito.

No entanto, a nota de crédito já existe, mas ela é feita com dados negativos. Agora a proposta é fazer a adesão automática dos pagamentos em dia. Ou seja, as instituições financeiras poderão incluir informações no sistema sem autorização específica dos clientes. Os consumidores, por sua vez, terão 30 dias para solicitar a exclusão do banco de dados. O Projeto promete que a inclusão de mais pessoas e a ampliação de crédito tenha potencial de baixar os juros dos empréstimos e financiamentos. Já o consumidor que tiver uma nota menor poderá negociar para melhorar isso.

Score de crédito

Os dados que serão considerados para elevar a pontuação de crédito serão os empréstimos, financiamentos, crediários, contas de água, luz e telefone. O projeto de lei também permite que a instituição financeira defina a metodologia que irá aplicar para definir o score.

Aqui neste post você entenderá mais precisamente o que é o score de crédito:

Como funciona o score do Serasa para conseguir crédito.

Diminuição das dívidas

O número das dívidas não pagar deve cair em 45%. Isso porque para aumentar o score, o consumidor terá que pagar as contas em dia. Segundo o superintendente de Serviços ao Consumidor da Boa Vista SCPC, Pablo Nemirovsky. “Para aumentar o score é importante pagar as contas em dia. São estes pagamentos que contarão a seu favor”.

O vice-presidente de Informações sobre o Consumidor da Serasa Experian ainda ressalta que será bom para profissionais que não possuem um emprego formal. “Com um histórico mais completo do comportamento de crédito, os credores podem oferecer melhores condições mesmo aos consumidores que não possuem um emprego formal”,

Segundo a gerente jurídica do SPC Brasil, Vivian Moraes, será possível particularizar a política de crédito de acordo com o perfil de cada cliente. “Com o cadastro positivo, quanto melhor for o score, mais interessante será para a instituição e mais individualizada será a operação junto ao consumidor”.

Adesão automática ao Cadastro Positivo recebe críticas.

Entretanto, mesmo que as empresas defendam que tenha uma maior oferta de crédito, redução da inadimplência e a redução de juros, há diversos questionamentos dos órgãos de defesa do consumidor ao projeto de lei. “Não há nenhuma garantia de que os juros serão reduzidos e nem quanto a legalização do score de crédito. Há casos em que a situação do grau de parentesco pode também entrar nesse score e se houver débito de um parente de primeiro grau, por exemplo, isso baixará a nota”, excplica o advogado líder de Direitos Digitais do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), Rafael Zanatta.

Outro ponto destacado é a possibilidade de recebimento evasivo das propostas de crédito e na precarização dos direitos do consumidor: “Vai virar uma espécie de paranoia coletiva essa coisa de aumentar o score. Muita gente vai deixar de reclamar de determinada empresa, ainda que se sinta lesado, para não comprometer a nota”.

Já a Proteste Associação de Consumidores também critica o Cadastro Positivo. Segundo a advogada da entidade, Lívia Coelho, o direito a privacidade fica comprometido. “A questão principal está no direito a privacidade. Não sabemos como esses dados serão utilizados e não há uma lei que garanta a proteção destas informações”, considera.

A Proteste Associação de Consumidores também tem críticas ao cadastro positivo. Para Lívia Coelho, advogada da entidade, o direito a privacidade fica comprometido. “A questão principal está no direito a privacidade. Não sabemos como esses dados serão utilizados e não há uma lei que garanta a proteção destas informações”, considera.

Considerações Finais

Embora o Cadastro Positivo seja algo para facilitar a obtenção de crédito, o projeto tem algumas questões a serem avaliadas. Até porque talvez a adesão automática ao Cadastro Positivo permita que o consumidor tenha acesso ao crédito, mas a lei não garante que a queda dos juros será realizada para o bom pagador. E ainda somado a isso, mesmo que os juros baixem, os consumidores com scores mais baixos terão que arcar com os juros mais altos.

Outro ponto que devemos olhar com atenção é o fato de como será feita a gestão da segurança dos dados dos consumidores que decidirem se manter no cadastro positivo. E, finalmente, não há uma metodologia geral para a pontuação dos scores, e isso poderá gerar distorções de uma empresa para outra. Tudo isso precisa ser questionado e discutido para que esteja tudo nos conformes.

Portanto, de fato, o consumidor que é bom pagador terá mais benefícios com o cadastro positivo. Em contrapartida, o que não costuma pagar suas contas em dia poderá sofrer com essa mudança.

Gostou do artigo sobre a adesão automática ao Cadastro Positivo?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram para continuar acompanhando artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Fontecorreio24horas.

Como ativar o cadastro positivo do Nubank para conseguir mais limite de crédito

cadastro positivo do Nubank

Se você tem interesse em aumentar o limite de crédito de seu cartão, o cadastro positivo do Nubank poderá lhe ajudar a conseguir isso. O recurso é integrado com o cadastro positivo da Boa Vista e está disponível no próprio aplicativo do Nubank. Essa ferramenta serve, portanto, como um registro de informações fornecidas pelas instituições financeiras em que informa se o consumidor é um bom pagador e se possui dívidas em seu nome.

Leia também:

Quais as vantagens e diferenças do Nubank Platinum e Nubank Gold.

Entenda o que vai mudar com a adesão automática ao Cadastro Positivo.

Vantagens em antecipar a parcela do Nubank.

Como funciona o cadastro positivo do Nubank

Ativando o recurso, automaticamente, o Nubank terá acesso ao seu score, o que poderá facilitar o aumento de limite do cartão de crédito. Isso porque suas informações de pagamentos estarão colaborando para a análise de crédito.

Veja como ativar o recurso

Para ativar o recurso, os passos são muito simples, confira:

Passo 1

Em seu aplicativo do Nubank, toque no canto superior esquerdo em “Meus Dados“:

cadastro positivo do Nubank

Passo 2

Em seguida, na próxima tela, toque em “Ativar Cadastro Positivo“:

cadastro positivo do Nubank

Passo 3

Agora será perguntado se você “Gostaria de ativar seu Cadastro Positivo agora?”. Para ativar toque no botão “Ativar Cadastro Positivo“:

cadastro positivo do Nubank

Passo 4

Agora toque na seta localizada no canto inferior:

cadastro positivo do Nubank

Passo 5

Por fim, basta tocar em “OK“:

cadastro positivo do Nubank

Considerações Finais

Portanto, se você paga suas contas em dia e sempre foi um bom pagador, talvez ativar o Cadastro Positivo dentro do aplicativo do Nubank seja um bom caminho para aumentar o limite de crédito do cartão. Até porque será mais fácil para a fintech avaliar e concluir que você é um pagador confiável e cumpridor de suas obrigações.

Gostou da dica?

Nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram para continuar acompanhando artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Projeto do novo Cadastro Positivo pode facilitar crédito com juros mais baixos

Projeto do novo Cadastro Positivo

O Cadastro Positivo é um mecanismo que permite que as instituições financeiras vejam se os consumidores são bons pagadores. O texto-base do projeto do novo cadastro positivo foi aprovado pelo plenário da Câmara dos Deputados. Com uma votação de 273 a favor e 150 contrários, e com 1 abstenção. No entanto, a Câmara ainda votará destaques ao texto-base aprovado antes da proposta voltar ao senado.

Leia também:

5 dicas para pagar as dívidas e limpar o seu nome.

Empréstimo online: confira as melhores e mais seguras opções da atualidade.

Como funciona o Cadastro Positivo do Serasa e quanto ele ajuda a conseguir crédito.

Projeto do novo Cadastro Positivo

O Banco Central defende que o projeto cria condições para que os consumidores e empresas que pagam as contas em dia consigam acesso a linhas de crédito com taxas de juros mais baixas. E é este, exatamente, o objetivo do Cadastro Positivo. A lei atual, de 2011, o cadastro é realizado apenas pelos consumidores que solicitam a inclusão no banco de dados. No entanto, com o projeto aprovado, o Cadastro Positivo será realizado automaticamente. Caso o consumidor não queira, ele poderá solicitar a exclusão.

Com essa mudança, cada pessoa terá uma pontuação em que classifica o seu histórico de crédito. Serão levados em consideração a adimplência em operações de crédito e os pagamentos de contas de água, esgoto, luz, gás, telefone, entre outras. O que é uma novidade do texto aprovado, pois antes não era considerado informações de pagamentos de serviços continuados. O que significa que pessoas com rendas mais baixas, que não possuem operações de crédito, entrarão no cadastro por pagarem as contas de luz e telefone.

As mudanças, segundo o Banco Central, vão diminuir os riscos das operações de crédito. Ou seja, permitirá a queda do spread, a diferença entre o custo de captação dos bancos e o que é cobrado efetivamente do consumidor final.

Crédito mais barato

A intenção dessas alterações é de que, com o tempo, os bancos possam oferecer crédito mais barato para consumidores com pontuação maior. Isso porque ela terá um bom histórico de pagamentos.

Por fim, o Banco Central deverá encaminhar ao Congresso, no prazo de até 24 meses após a vigência do cadastro, um relatório em que mostrará os resultados alcançados pelas alterações.

Considerações Finais

Sem dúvida que essas alterações no Cadastro Positivo trarão benefícios para os consumidores que são bons pagadores. No entanto, para quem costuma atrasar contas ou até mesmo não pagá-las poderá ser muito prejudicial. Isso porque aí sim não conseguirá obter crédito. Por isso que é muito importante sempre pagar as contas em dia para você ter uma vida financeira saudável.

Coloque todas as suas despesas e receitas numa planilha e faça um planejamento financeiro em que possa cumprir exatamente o planejado. Assim será possível conseguir pagar as contas em dia e ser visto como um bom pagador pelo mercado.

Gostou da notícia sobre o projeto do novo Cadastro Positivo?

Nos siga no FacebookTwitter e Instagram para continuar acompanhando todos os artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto.