Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Prova de vida do INSS volta a ser obrigatória; veja quando fazer o recadastramento

0

Conforme Portaria PRES/INSS Nº 1.400, publicada em 28 de dezembro de 2021 no Diário Oficial da União, o segurado que não comparecer para a prova de vida no dia determinado pelo calendário divulgado, a partir de fevereiro de 2022 terá seu pagamento bloqueado.

É provável que você também goste:

Aposentados do INSS têm direitos que nem imaginam

INSS: veja o que muda nas aposentadorias em 2022

INSS: mulheres contarão com novas regras para aposentadoria em 2022

Devido à pandemia da Covid-19, em março de 2020, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) suspendeu o bloqueio dos pagamentos em caso de não realização da prova de vida. Os bloqueios foram retomados em junho de 2021, mas em outubro foram suspensos novamente por meio da Portaria PRES/INSS nº 1.366.

Cerca de 3,3 milhões de beneficiários devem realizar o recadastramento até abril deste ano, segundo informações divulgadas pelo INSS.

Quando fazer o recadastramento do INSS?

Quem teve o vencimento da última prova de vida de março de 2020 a dezembro de 2021 e não realizou terá que realizá-la até junho de 2022, conforme o calendário divulgado pelo INSS, para que não haja o bloqueio do benefício.

Vencimento da prova de vida Competência de bloqueio
Até dezembro/2020 fevereiro/2022
Janeiro a junho/2021 março/2022
Julho e agosto/2021 abril/2022
Setembro e outubro/2021 maio/2022
Novembro/dezembro/2021 junho/2022

Quando o benefício é cancelado?

Quando o segurado do INSS não realiza a prova de vida, há um bloqueio do benefício durante dois meses, de modo que o valor cai na conta, mas não é possível sacar.

Depois desse período de 2 meses, há a suspensão do benefício, quando o valor já não é mais depositado na conta. Contudo, o pagamento pode ser reativado com a ida do segurado à agência bancária.

Passados seis meses do prazo para a realização da prova de vida, o benefício é cancelado e o beneficiário deve entrar em contato com o INSS pelo telefone ou pelo aplicativo para agendar a reativação de seu pagamento.

Quem deve realizar a prova de vida?

Aposentados e pensionistas do INSS que recebem o benefício há um ano ou mais devem realizar a o recadastramento.

Como realizar a prova de vida do INSS?

Os beneficiários da Previdência Social podem apresentar-se no banco onde recebem. Alguns bancos dão como opção realizar a prova de vida no caixa eletrônico ou por aplicativo no celular. O segurado deve verificar quais as opções disponíveis e qual o horário de atendimento junto ao banco.

Para quem têm biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), é possível realizar a prova de vida de forma digital, por reconhecimento facial que está disponível no app Meu Gov.br.

Os segurados maiores de 80 anos e pessoas a partir de 60 anos que possuam dificuldade de locomoção podem fazer a comprovação de vida em casa. Sendo assim, basta agendar a visita de um funcionário do órgão pelo 135 ou pelo Meu INSS.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -