Muito se fala sobre os famosos cartões de crédito e cartões de débito, e de fato essas ferramentas trazem inúmeros benefícios para o consumidor. Desde que o dinheiro, de certa forma, se digitalizou, a segurança deste dinheiro aumentou muito. Afinal, dinheiro você pode perder ou pode ser roubado, coisa que é dificultada quando o seu dinheiro está em um cartão. Mas afinal, qual a diferença entre cartão de crédito e débito?

É provável que você também goste:

Descubra quando o saque de R$ 998 do FGTS será autorizado. Bolsonaro ainda pode vetar

Nubank ou Banco Inter: qual cartão de crédito sem anuidade tem maior taxa no rotativo?

O que significa CVV no cartão de crédito? Pra que serve?

Diferença na forma de pagamento

É difícil saber as diferenças entre os dois tipos de cartão e, esteticamente, não há. Tanto é que, quando você vai passar seu cartão em uma loja, muitas vezes o vendedor pergunta se é débito ou crédito. Logo ele, que trabalha com isso e certamente pega muitos cartões por dia. A verdade é que tanto o cartão de crédito quanto o de débito exibem uma bandeira, como Visa, MasterCard ou Elo, números, data de validade e CVV. Além disso, ambos podem ser usados para comprar bens e serviços.

Entretanto, há uma diferença importante relativa à forma de pagamento em si. Quando o cartão de débito é usado, quer dizer que você está pagando com o dinheiro que está na sua conta corrente. Isso significa que você está pagando em dinheiro vivo, à vista. Já quando você utiliza o cartão de crédito, a compra será cobrada posteriormente, quando vier a fatura do cartão; ou seja, é uma compra a prazo.

Muitas vezes, o cartão de débito é o mesmo de crédito, como, por exemplo, o do Nubank. Neste cartão, você pode pagar com o dinheiro que está em sua Nuconta (dinheiro vivo) ou pode pagar no crédito, que você vai pagar de fato apenas quando vier a sua fatura. O cartão de crédito tem um limite de crédito específico, e se o consumidor tentar gastar além deste limite de crédito, que foi estabelecido pelo banco, o cartão será negado.

O que é um cartão de débito?

O cartão de débito pode ser usado para pagar contas da mesma forma que o cartão de crédito, mas eles funcionam de maneiras diferente. Os cartões de débito sacam dinheiro diretamente da sua conta para fazer o pagamento. Essa operação ocorre através da retenção do valor da compra do dinheiro que você tem em sua conta. Logo depois, o vendedor envia a transação para seu banco e este valor é transferido para a conta do vendedor. Às vezes acontece de o dinheiro não ser transferido na mesma hora, podendo levar até alguns dias para a conclusão da transação.

Para usar seu cartão de débito, você deve manter um saldo atual da sua conta corrente, de modo a garantir que tenha o valor necessário na hora de efetuar o pagamento. Assim como no cartão de crédito, o cartão de débito também tem uma senha, que deve ser digitada na maquininha no momento da compra.

Alguns fatos sobre cartões de débito:

  • um cartão de débito está diretamente vinculado à sua conta corrente;
  • pode ser usado nos mesmos lugares onde o cartão de crédito é aceito (mas o contrário nem sempre);
  • geralmente, você usará sua senha para concluir as transações.

Cheque especial

O cheque especial é um saldo que o cliente tem em sua conta corrente para usar quando acaba seu saldo em dinheiro. Este serviço foi criado para evitar situações embaraçosas, como quando uma pessoa vai pagar no débito e a transação é recusada por falta de saldo.

Entretanto, é importante saber que essa proteção não custa pouco. Na verdade, as taxas de juros cobradas pelos bancos pelo cheque especial são mais altas do que as dos cartões de crédito. Sendo assim, evite ao máximo utilizar seu cheque especial. É preferível você usar um cartão de crédito nesses casos.

O que é um cartão de crédito?

O cartão de crédito é um cartão que permite pagar suas compras depois. É como se fosse um empréstimo do banco, e por mês você pode gastar um determinado valor, também conhecido como limite de crédito do cartão. Todas as compras que você faz com o seu cartão de crédito serão cobradas na sua fatura.

Além disso, o cartão de crédito permite o parcelamento das compras (às vezes, acrescido de juros) e é uma boa para quem quer comprar um item caro, mas pagar um pouco a cada mês.

Vale lembrar que se você atrasar o pagamento da fatura, pagará juros sobre suas compras. E os cartões de crédito têm altas taxas de juros. Além disso, o atraso das faturas interfere no seu score de crédito, que é uma classificação que o mercado dá a cada cliente, de acordo com o seu comportamento financeiro.

Alguns fatos sobre cartões de crédito:

  • um cartão de crédito é uma linha de crédito que você pode usar para fazer compras e pagar depois;
  • geralmente, você deve usar sua senha para usar o cartão de crédito;
  • você pagará juros sobre as compras feitas, caso não pague a fatura até a data de vencimento.

Cartão pré-pago

Uma outra modalidade de cartão, que é uma espécie de mistura entre o cartão de crédito e o cartão de débito, são os cartões pré-pagos. No entanto, o cartão pré-pago não está vinculado a uma conta bancária como o cartão de débito. Quando você usa um cartão pré-pago, está gastando dinheiro que já carregou no cartão. Na maioria dos casos, você não pode gastar mais dinheiro do que já carregou no seu cartão pré-pago.

Para poder utilizá-lo, você deve, primeiramente, fazer uma recarga em dinheiro, e esse valor ficará como saldo no seu cartão. Então, basta utilizá-lo para suas compras como se fosse um cartão de crédito normal, até que se esgote o valor. Quando terminar o saldo, você pode fazer novas recargas para continuar usando o cartão.

Qual a diferença entre cartão de crédito e débito?

Muita gente pensa que é necessário ter um cartão de crédito para fazer determinadas transações, como comprar itens online. A verdade é que se você não gosta de contrair dívidas, o ideal é usar o seu cartão de débito, pois com ele você pagará à vista suas compras.

Os cartões de débito oferecem a mesma conveniência que o cartão de crédito, sem exigir que você peça emprestado o dinheiro ao banco para suas compras. Todavia, os cartões de débito nem sempre fornecem a mesma segurança de um cartão de crédito. Portanto, em caso de você não se sentir completamente seguro ao fazer uma compra, o cartão de crédito é mais apropriado.

Ademais, a decisão de comprar no cartão de crédito cabe a você. Se você quer pagar pela sua compra no ato, use o débito. Entretanto, se você prefere pagar depois, ou parcelar a compra, use o crédito.

Escolhendo o melhor cartão para a situação

Se você tiver problemas com gastos, é melhor usar seu cartão de débito sempre que possível, pois assim você não vai contrair novas dívidas com o cartão de crédito.

Outros fatos a serem considerados ao escolher usar um cartão de crédito ou débito:

  • considere usar cartões de crédito para pagamento de apps como Uber, reservas de hotéis e aluguel de carros;
  • para compras diárias, seu cartão de débito pode ajudá-lo a manter seu orçamento sob controle.

Protegendo seu cartão de crédito

Tanto o cartão de crédito quanto o cartão de débito têm riscos semelhantes quando se trata de roubo. Se as informações do seu cartão de crédito ou débito foram roubadas, você deve entrar em contato imediatamente com o seu banco para fazer o bloqueio do cartão. Além disso, sempre fique de olho nas movimentações do seu cartão de crédito ou sua conta bancária, para garantir que ninguém pegou seus dados e fez compras em seu nome.

Também verifique seus extratos sempre para ver se todas as cobranças estão corretas. Ao constatar uma cobrança fraudulenta, entre em contato imediatamente com o banco; mas saiba que os bancos limitam o período em que você pode denunciar uma cobrança fraudulenta na conta. Portanto, verifique periodicamente a sua conta.

Imagem: Pixabay.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Sobre o Autor

Priscilla Kinast

Redatora

Estudante de Ciência e Tecnologia na UFRGS - Universidade Federal do RS, apaixonada por inovações tecnológicas, mistérios da ciência, bem como filmes e séries de ficção científica

Ver todos os artigos