Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Queda no PIB de 4,1% é a maior desde a era Collor e 3ª maior da história

Pandemia de covid-19 fez o Brasil ter a terceira maior queda no PIB de sua história.

0

A queda do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020 foi a maior desde os tempos do Governo Collor. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB acumulado em 2020 sofreu retração de 4,1%, uma queda apenas 0,25% menor que a queda de 4,35% em 1990. Porém, o último trimestre do ano passado apresentou uma alta no PIB de 3,2%, mas ainda assim não foi o suficiente para salvar o ano.

Você pode gostar também:

Bitcoin na Bolsa: Primeiro ETF da América Latina põe criptomoeda na B3

Como a retração do PIB influencia no nosso dia a dia?

Maduro decreta quarentena radical e chama Bolsonaro de irresponsável

Queda no PIB é a maior desde a era Collor

Com registros desde o ano de 1900, a queda do PIB em 2020 foi a terceira maior da história. As outras duas maiores quedas do PIB aconteceram em 1981 (-4,3%) e em 1990 (-4,35%). Além disso, o PIB foi negativo apenas 17 vezes desde 1900, e dentre elas estão as quedas ocorridas em 2015 e 2016. Já de 2017 a 2019 houve 3 altas consecutivas.

A queda do PIB na maioria dos países do mundo, incluindo o Brasil, aconteceu por causa da grande crise causada pela pandemia de COVID-19. Contudo, a queda do PIB brasileiro foi menos severa do que a expectativa do Banco Mundial para a América Latina em 2020, que era de -8,4%.

PIB caiu em diversos países do mundo

Internacionalmente, o Brasil ficou com um crescimento menor do que 20 outros países, incluindo Lituânia, Nigéria e Indonésia.  Entre 50 países analisados, apenas 3 tiveram um aumento no Produto Interno Bruto, sendo eles Taiwan (+3,1%), China (+ 2%) e Turquia (+1,6%). Os EUA ficaram em 16º lugar, com uma queda de 3,5% do PIB, e o Brasil ocupa o 21º lugar.

Entretanto, o Brasil se saiu muito mal comparado com outros países com economias bem menores ao redor do mundo. Outros países com queda severa do PIB incluem grandes economias como o Japão (-4,8%), Alemanha (-4,9%), Rússia (-5,05%), México (-8,5%), Reino Unido (-9,9%), Espanha (-11%) e Argentina (-12,3%).

Demora na vacinação da COVID-19 pode afetar PIB de 2021

Por fim, o coordenador do Centro de Macroeconomia Aplicada da FGV EESP Emerson Marçal explicou que tiveram as maiores quedas no PIB os países que perderam o controle da pandemia. Dentre esses pode-se citar Reino Unido e Espanha, que tiveram a segunda onda da Covid-19 em 2020.

“No entanto, eles estão controlando a pandemia com a vacinação. Vão fechar essa curva primeiro [que o Brasil] e provavelmente já perderam o que tiveram de perder em termos financeiros. O mesmo acontece com Israel”.

Enfim, o que achou da matéria?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTube, Facebook, Twitter, Instagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Ronnie Chua/shutterstock.com

Comentários
Carregando...