O prazo para fazer o saque imediato do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) acaba amanhã (dia 31/03/2020). Quem trabalhou (ou ainda trabalha) com carteira assinada pode sacar até R$ 998,00 por vínculo trabalhista que teve. Conforme a Caixa, 36 milhões de trabalhadores ainda não sacaram, ou seja, ainda há um total de R$ 14,8 bilhões disponíveis.

É provável que você também goste:

Governo Federal amplia Bolsa Família para mais de 14 milhões de famílias

Quais os pré-requisitos para o trabalhador informal ter direito ao coronavoucher?

ATENÇÃO: se você não sacar o PIS, valor será transferido para o FGTS

Quem pode fazer o saque imediato do FGTS?

O saque imediato de R$ 998 pode ser feito por qualquer trabalhador que, até 24/07/2019, tinha esse valor na conta do FGTS. Esse valor, vale ressaltar, é equivalente ao salário mínimo de 2019. Caso a quantia em conta seja maior do que esse valor, é possível sacar até R$ 500,00.

Outra coisa importante de se destacar é que o limite é por conta; ou seja, caso você possua mais de uma conta (referentes a dois empregos), é possível sacar até R$ 1000,00, sendo R$ 500,00 de cada uma das duas contas. Além disso, ao contrário do saque-aniversário, o saque imediato permite ao trabalhador movimentar recursos do FGTS em caso de demissão sem justa causa.

Até agora, não há nenhuma iniciativa do governo de prorrogar o saque imediato. Entretanto, devido à pandemia do coronavírus, o uso de recursos do FGTS poderá ser flexibilizado. Afinal, há uma certa preocupação do governo com a economia, e a liberação de recursos do FGTS pode ajudar na retomada do consumo.

Nas últimas semanas, por exemplo, o governo anunciou as transferências de cotas do PIS/Pasep para a plataforma do Fundo de Garantia. Além disso, as empresas poderão recolher o FGTS relativo aos meses de março, abril e maio em até 6 parcelas, sem a cobrança de multa.

LEMBRANDO: o saque imediato do FGTS acaba amanhã. Se você estiver precisando muito de dinheiro e tiver direito ao saque imediato do FGTS, essa é uma boa oportunidade de dar uma aliviada nas finanças com um recurso extra.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: rafapress, via Shutterstock.