Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Segunda onda da pandemia junto à vacinação lenta podem causar recessão no país

Expectativa de melhora é prevista apenas para 2023

0

A segunda onda da pandemia de coronavírus, que chegou à marca recorde de 4 mil mortes por dia, derrubou expectativas em relação à economia pelo resto do ano. 

A piora da crise sanitária juntamente com a vacinação lenta fazem com que economistas prevejam uma nova recessão no início deste ano, com recuo do Produto Interno Bruto (PIB) de até dois semestres seguidos. 

Como resultado, a reação econômica em 2021 e 2022 já não será suficiente para que o Brasil se recupere da recessão do coronavírus. Eventualmente, em 2023 o país pode voltar aos níveis normais de antes da crise, segundo algumas previsões.  

Conforme o diretor da ASA Investiments, Carlos Kawall, a retomada de força da pandemia anulou um bom momento previsto em janeiro e fevereiro, apesar do fim do Auxílio Emergencial. A estimativa do diretor é de queda do PIB de 0,5% no primeiro trimestre e um recuo de até 2% logo no segundo trimestre.

Em síntese, de acordo com economistas, enquanto não se resolve a crise sanitária, uma retomada mais robusta não será possível. 

É provável que você goste também:

Como a queda do PIB influencia no nosso dia a dia?

Mercado eleva projeção de inflação e prevê Selic a 5% ainda em 2021

Quais são as mais novas mudanças do Pix que já estão valendo?

Previsão para aumento do PIB no país

A princípio, a previsão é de que o PIB cresça em 2021 em 2,3%, enquanto, em 2022, cresça 1,5%. Portanto, o resultado combinado de ambos os anos não compensa a queda de 4,1% em 2020. 

Kawall ainda afirma que não existe um cenário claro de controle da pandemia de COVID-19, pois existe o atraso nas vacinas. Entretanto, mesmo em países que dispararam com a vacinação, a recomendação é ampliar o distanciamento social por mais tempo. 

Mesmo após quatro quedas seguidas, espera-se, em 2023, um PIB de 3,18%.  

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

imagem: Champ008 / shutterstock.com

Comentários
Carregando...