Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Conheça os seus direitos e entenda qual a diferença entre SPC, Serasa e Protesto?

Confira quais as responsabilidades de cada instituição.

0

Uma dúvida muito comum entre os brasileiros é entender a diferença entre SPC, Serasa e o chamado Protesto de Títulos. Além disso, nem todos conhecem quais são seus direitos em relação a cada uma dessas instituições. Então, para tirar essa dúvida, e explicar exatamente quais as funções de cada uma dessas empresas, confira mais a seguir!

É provável que você também goste:

Saque emergencial do FGTS: Serasa oferece condições especiais de negociação de dívidas

3,4 milhões de pessoas podem renegociar dívidas com Bradesco e BB com ajuda da Serasa

Entenda a importância da sua nota de crédito no mercado

Conheça os seus direitos e entenda qual a diferença entre SPC, Serasa e Protesto?

Primeiramente, vamos explicar as diferenças principais entre os 3 órgãos. No caso do Protesto de Títulos, este tem a finalidade de provar o descumprimento de uma obrigação originária de um título, seja um cheque, duplicata, nota promissória, ou outros. Dessa forma, o protesto é um ato que serve como prova oficial de falta de pagamento.

Já a Serasa Experian e o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) são empresas que mantém um banco de dados com informações completas sobre pagamentos. Ou melhor, informações de seu CPF como dívidas em atraso, protestos, cheques roubados entre outros. Basicamente, é um banco de dados comercializado para empresas que desejam segurança nas suas vendas a prazo ou financiamentos.

Por fim, no caso do Serasa, sua atuação está relacionada principalmente a dívidas em bancos. Por outro lado, o SPC está mais relacionado a dívidas originárias do comércio. Eis a principal diferença. Vale lembrar que você tem o direito de receber uma notificação do devedor antes de seu nome ser negativado.

Além disso, as empresas tem o prazo de 5 anos para manter nome sujo começa a contar após vencimento da dívida. Depois disso, o nome do devedor não poderá mais constar nos bancos de dados dos devedores.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterInstagramTwitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de créditoempréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: fizkes / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar