Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

TIM obtém o direito de comprar participação no C6 Bank

TIM informa que poderá se tornar acionista do C6 Bank ao adquirir direito ao capital social do banco.

0

Em anúncio na semana passada, a TIM informou que obteve direito ao capital social do C6 Bank e poderá se tornar acionista minoritária do banco digital. O que faltava para as empresas firmarem o acordo era atingir as metas definidas, que foram alcançadas em dezembro do ano passado. O banco e a operadora possuem parceria desde 2020. 

É provável que você também goste:

C6 Bank agora permite abrir contas para Pessoa Jurídica direto no app

Afinal, será que o C6 Bank superou o Banco Inter?

Ao liberar super limites, C6 Bank está concorrendo forte com Nubank

Com isso, a TIM conseguiu direito a uma participação indireta de até 1,4% ao capital social do C6 Bank. A atividade vai ter início no momento em que a operadora considerar oportuno. Entretanto, isso não garante à TIM o direito de controle ou influência administrativa no C6 Bank. 

O objetivo principal da aliança é disponibilizar ofertas e redução de custos, conforme sinergia entre empresas.

Vantagens da parceria para o C6 Bank e TIM

Antes da parceria com a operadora, em fevereiro o C6 Bank tinha aproximadamente 1,5 milhão de contas abertas. Mas esse número aumentou consideravelmente com a ajuda da TIM: houve um salto de 4 milhões em novembro após colaboração das empresas.

Totalizando a margem de R$ 4,3 bilhões em ativos atualmente, o banco atinge mais de R$ 1,5 bilhão em transações por mês, graças às ofertas combinadas entre as companhias. 

Em relação à TIM, a operadora acredita que serviços financeiros possuem capacidade para elevar a receita da empresa de telefonia. 

A intenção da operadora é converter o pré-pago em um cartão de débito a partir das mais de 400 milhões de recargas realizadas mensalmente por clientes da empresa de telefonia móvel. 

Para alcançar essa meta, a TIM atua com um empréstimo de crédito pré-pago de R$ 5 e R$ 10 a clientes que tenham acabado com o saldo de créditos para o uso de dados móveis ou serviços de voz. Ao realizar nova recarga, o cliente deve pagar o valor dos créditos concedidos adiantados com uma taxa adicional.

Gostou da nossa matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais através do Facebook, Twitter e Instagram. Assim você fica por dentro de tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo das fintechs.

Imagem: Manuel Esteban / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...