A flexibilização dos saques do FGTS ampliará as possibilidades de usar os recursos no Fundo para obter crédito no mercado. De acordo com a medida provisória (MP), os trabalhadores que optarem pelo modelo de saque-aniversário, que são retiradas anuais na data de aniversário do cotista, poderão antecipar os recursos junto a instituições financeiras. Esse mercado, portanto, pode movimentar, segundo a equipe econômica, R$ 100 bilhões.

É provável que você também goste:

Trabalhador que já sacou contas inativas pode ter saldo residual do FGTS, saiba se você tem direito

Trabalhadores poderão antecipar os saques anuais do FGTS

O trabalhador poderá fazer exatamente como é a antecipação da restituição do Imposto de Renda (IR). A restituição do IR já é concedida pelos bancos do país. O novo produto, de acordo com a equipe econômica, tornará possível a obtenção de crédito mais barato, principalmente para a população de baixa renda. Isso porque é possível cobrar um valor mais baixo devido aos recursos já estarem na conta do trabalhador, o que reduz muito o risco de calote.

Antecipação do FGTS anual será mais barata

“Com essa previsibilidade, pode usar esses recursos à frente com muito mais segurança, permitindo que o crédito seja mais barato. O potencial nessa área é de mais de R$ 100 bilhões”, disse o secretário especial da Fazenda, Waldery Rodrigues.

Contudo, hoje, uma lei criada em 2016 permite que o trabalhador utilize 10% do FGTS como garantia para contratar empréstimos consignados a taxas mais baixas. Já a mudança feita pela MP dá o direito do trabalhador vender os recursos que ele receberá para um banco. A instituição, por sua vez, lhe paga um determinado valor, cobrando os juros sobre a operação.

Enfim, gostou da matéria sobre antecipar saques anuais do FGTS?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter, Instagram. Assim, acompanhe notícias sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.