Nubank aumenta para R$ 20,00 o valor mínimo para depositar por boleto na NuConta. O Nubank decidiu aumentar o valor mínimo de depósito por boleto para a NuConta, sem fazer qualquer pronunciamento. A fintech permitia que o cliente emitisse um boleto de R$ 3,00 para transferir dinheiro para a NuConta. No entanto, agora o valor mínimo para emitir o boleto é de R$ 20,00. Já para pagar parte da fatura do cartão, a quantia mínima para gerar o boleto continua sendo de R$ 3,00.

Leia mais:

Nubank Rewards fecha parceria com a Microsoft para apagar mensalidade do Xbox Live.

Empréstimo do Banco BMG é sem consulta ao SPC e Serasa.

5 Serviços essenciais que o Nubank não possui.

Segundo o Tecnoblog, cada usuário pode emitir 15 boletos por mês, o limite é compartilhado entre o Nubank e NuConta. Quando o usuário tenta emitir o 16° boleto, ele é notificado. No entanto, o Nubank foi questionado e afirmou que aplica a restrição “apenas para monitorar a maneira como as pessoas estão usando os serviços, inclusive para prevenção de fraudes e lavagem de dinheiro”.

A fintech explicou que, apesar de não repassar o custo ao cliente, qualquer emissão de boleto gera custos, mesmo quando ele não é pago. “Para conseguir viabilizar o modelo onde buscamos oferecer o melhor serviço e de maneira sustentável para o nosso negócio, aumentamos o valor mínimo de depósito na NuConta para R$ 20”, confirma a empresa.

depositar por boleto na NuConta

A empresa foi questionada pelo Tecnoblog e disse que não comunicou aos clientes sobre o aumento do limite no aplicativo, “mas está disponível de maneira bem clara qual é o mínimo”. A informação é mostrada ao usuário quando ele entra na tela para fazer o depósito.

Entretanto, inicialmente, a NuConta só permitia depósito por TED. Mas como os bancos chegam a cobrar até R$ 143,25 por transferência, o Nubank decidiu liberar a opção de depósito na NuConta por boleto, para o cliente evitar taxas como essa.

Gostou da notícia sobre o aumento do valor mínimo para depositar por boleto na NuConta?

Então nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Para assim acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Fonte: Tecnoblog.