O pagamento de até R$ 62,7 mil em valores atrasados a aposentados e pensionistas do INSS pode ser realizado em breve. O Conselho da Justiça Federal (CJF) liberou mais de R$ 800 milhões para pagar os atrasados a cerca de 63 mil aposentados e e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para revisão ou concessão de benefícios. Além disso, o dinheiro é referente às RPVs (Requisições de Pequeno Valor), requisições autorizadas pelo juiz federal ainda no mês de abril.

Confira, a seguir, o que representam esses valores atrasados a aposentados e pensionistas, qual será a quantidade de dinheiro liberada por tribunal regional e como se dará o pagamento, principalmente durante a crise pela qual passa o país. Continue lendo!

É provável que você também goste:

RecargaPay e Livelo fazem parceria para recargas com pontos de fidelidade

Falta pouco para acabar o prazo de inscrição do auxílio emergencial de até R$ 1200

Trabalhador vai ter que esperar até 4 meses para sacar o FGTS emergencial

Entenda os valores atrasados a aposentados e pensionistas do INSS

Em geral, valores atrasados a aposentados e pensionistas do INSS se tratam de aposentadorias, pensões ou auxílios não concedidos ou, também, que foram pagos com algum erro nos valores. Dessa forma, os pagamentos que devem ser liberados para cerca de 63 mil aposentados e pensionistas são de até 60 salários mínimos. Isso representa, em um total, R$ 62,7 mil neste ano. Os valores costumam ser pagos em até dois meses após a liberação do processo. Para isso, entretanto, as ações devem estar finalizadas, sem nenhuma possibilidade de recurso por parte do INSS.

De acordo com o Tribunal Regional Federal da 3ª Região, que atende os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, até o momento já foram liberados R$ 150 milhões em valores atrasados a aposentados e pensionistas. O dinheiro será pago a 8.222 segurados, que ganharam 7.192 processos contra o INSS. Assim, um segurado de São Paulo e Mato Grosso do Sul já pode consultar, na internet, se teve o atrasado liberado. A consulta é feita no site do TRF-3.

Ainda de acordo com o TRF-3, esse dinheiro já foi recebido e está sendo processado. Nesse caso, o pagamento dos valores atrasados a aposentados e pensionistas do INSS leva em torno de uma semana. Ou seja, começarão a ser liberados para os segurados a partir do próximo fim da semana

Como ocorre o pagamento durante a crise?

O processamento valores atrasados a aposentados e pensionistas equivale à fase em que são abertas contas no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal. Entretanto, por conta da pandemia de coronavírus, é possível que esse processo se altere, com os valores caindo diretamente na conta dos beneficiários. Assim, é possível que o advogado do segurado indique uma conta em que será possível receber o valor, evitando aglomerações e possível contaminação por Covid-19.

A seguir, falaremos também sobre os valores atrasados a aposentados e pensionistas do INSS por tribunal regional no país, entendendo exatamente qual quantia foi liberada e quantos beneficiários foram incluídos. Assim, o CJF (Conselho da Justiça Federal) liberou R$ 1.013.177.674,01 para pagar RPVs (Requisições de Pequeno Valor) de 120.785 beneficiários. Desse total, R$ 809.168.719,29 são previdenciários e vão para 63.399 segurados do INSS. Confira, também, as informações sobre valores atrasados a aposentados e pensionistas de outros TRFs:

TRF da 1ª Região (jurisdição no DF, MG, GO, TO, MT, BA, PI, MA, PA, AM, AC, RR, RO e AP)

RPVs gerais: R$ 309.186.808,20
Previdenciárias: R$ 268.534.223,70 (16.475 processos, com 18.067 beneficiários)

TRF da 2ª Região (jurisdição no RJ e ES)

RPVs gerais: R$ 58.479.810,95
Previdenciárias: R$ 43.116.897,52 (2.247 processos, com 2.935 beneficiários)

TRF da 3ª Região (sede em SP, com jurisdição em SP e MS)

RPVs gerais: R$ 179.746.944,51
Previdenciárias: R$ 150.042.403,26 (7.192 processos, com 8.222 beneficiários)

TRF da 4ª Região (sede no RS, com jurisdição no RS, PR e SC)

RPVs gerais: R$ 284.108.255,21
Previdenciárias: R$ 234.311.920,48 (16.705 processos, com 20.186 beneficiários)

TRF da 5ª Região (sede em PE, com jurisdição em PE, CE, AL, SE, RN e PB)

RPVs gerais: R$ 181.655.855,14
Previdenciárias: R$ 113.163.274,33 (9.329 processos, com 13.989 beneficiários)

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: Renan Martelli da Rosa / Shutterstock.com