Em um vídeo que circula nas redes sociais (veja abaixo), uma funcionária das Lojas Renner é flagrada supostamente forjando uma promoção da Black Friday. No vídeo, a colaboradora, provavelmente seguindo ordens superiores, cola etiquetas laranja no valor de R$ 39,00 em cima de etiquetas brancas com o mesmo valor. A etiqueta cor de laranja indicaria que o produto está em promoção, porém o fato de não haver a redução no preço comprova, portanto, que o desconto não existe.

É provável que você também goste:

Neste fim de semana tem evento que garante entrevista de emprego para vagas no Nubank, Itaú e outros.

Caixa está novamente com o horário estendido para saques de até R$ 500 do FGTS.

Caixa libera FGTS para nascidos em agosto na Black Friday: saiba como sacar

 

O vídeo foi gravado por um cliente da loja na última quarta-feira (dia 27/11/2019). Segundo informações do Diário de Pernambuco, o cliente registrou sua denúncia no Procon de Santa Catarina. O Procon, por sua vez, enviou fiscais à loja na qual a fraude foi filmada.

A fiscalização do Procon conversou com a gerente da loja, que confirmou que as etiquetas laranja indicavam que o produto estaria em promoção na Black Friday, porém salientou que não haveria fraude não remarcação. No entanto, os fiscais do Procon conferiram alguns itens da loja e encontraram as mesmas peças que apareciam no vídeo, confirmando, portanto, a denúncia.

Segundo Gustavo Colle, coordenador do Procon, as Lojas Renner terão o prazo de 10 dias para apresentar uma resposta à denúncia. Caso a resposta não seja convincente, a empresa poderá receber uma multa de R$ 1 mil a R$ 6 milhões.

Confira a nota divulgada pelas Lojas Renner

“A Lojas Renner esclarece que a etiqueta amarela sinaliza os produtos participantes da Black Friday, promoção que dá desconto de 20% nesses itens nas lojas físicas, no momento do pagamento. A empresa informa ainda que está preparando sua resposta ao auto de infração emitido pelo Procon de Criciúma, que será apresentada dentro do prazo estabelecido por esse órgão.”

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.