Conheça mais abaixo, 4 empresas que auxiliam o empreendedor iniciante a ter sucesso. Os negócios oferecem soluções online e práticas para empreendimentos que surgiram na pandemia. Até porque devido à crise causada pela Covid-19, empreender pode ser a solução encontrada por brasileiros. Segundo o Portal do Empreendedor, mais de 327 mil pessoas tornaram-se MEI desde o começo da pandemia no Brasil; o total de pessoas cadastradas chegou a 10,2 milhões em maio.

É provável que você também goste:

5 estratégias para profissionais autônomos potencializarem os negócios em tempos de crise

Governo estuda pagamento escalonado do auxílio emergencial de R$ 500, R$ 400 e R$ 300

Auxílio emergencial: Ministro anuncia valores das três novas parcelas, mas apaga a postagem.

Para auxiliar empreendedores a tirarem as ideias do papel, startups vêm investindo em serviços que simplificam e alavancam negócios de diferentes áreas. Confira:

Conheça 4 empresas que auxiliam o empreendedor iniciante a ter sucesso

Profissional autônomo

Segundo a Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado, a taxa de desemprego pode passar de 14% em 2020. Nesse cenário de demissões e de lenta recolocação no mercado, profissionais podem usar a tecnologia em situações que vão desde a produção e venda de conteúdo, até o trabalho remoto. Conheça duas opções:

Hero Spark

A Hero Spark é uma solução online para empreendedores digitais transformarem seus conhecimentos em negócios lucrativos. Com a startup, profissionais podem contar com uma estrutura completa para hospedar e administrar cursos online. Além dos serviços pagos, também há ferramentas gratuitas como o SparkStart, que é um programa de aceleração de negócios digitais. Nele, há dicas para que o empreendedor consiga validar sua ideia, planejar o lançamento do produto digital e como fazer as primeiras vendas.

GetNinjas

O GetNinjas é o maior aplicativo de contratação de serviços da América Latina e tem como objetivo, conectar consumidores em potencial com profissionais autônomos cadastrados. Sendo assim, a startup oferece, para profissionais que optarem por trabalhar por conta própria, a oportunidade de encontrar demandas e de fecharem negócios. Durante a pandemia, a empresa investiu e dobrou a oferta de serviços para a modalidade remota, o que resultou na criação do Tudo.GetNinjas, que proporciona mais segurança e comodidade para clientes e profissionais.

E-commerce

O e-commerce foi um dos segmentos que mais cresceu nos últimos três meses no Brasil. A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm) estima que o comércio eletrônico ganhou 4 milhões de clientes que devem continuar com o hábito após a crise. Com essa previsão, ter uma loja online pode ser uma oportunidade de renda. Porém, é necessário atenção com diversos pontos que sustentam o funcionamento da loja, desde o gerenciamento de estoques até a escolha de um intermediário de pagamento. Confira empresas com serviços que otimizam a administração de um e-commerce:

e-thinkers

Durante a pandemia, a e-thinkers, empresa de gestão de e-commerce de marcas premium, lançou o DIY. Com a plataforma, o empreendedor monta seu e-commerce usando templates e funcionalidades originais disponíveis, além de poder assistir treinamentos por vídeos. Entre as funcionalidades disponíveis há a possibilidade de cadastrar vendedores das lojas físicas e parceiros para vender de forma online, além do MultiInventory, ferramenta que possibilita a venda por meio de diversos CNPJs da mesma loja em um único checkout com divisão automática de pagamentos.

Uello

Por fim, a Uello é uma startup que usa uma rede colaborativa para reduzir custos de frete para e-commerces de pequeno e médio porte. Na prática, a empresa usa uma tecnologia própria para conectar uma rede de entregadores e pontos de distribuição parceiros. O resultado da rede colaborativa da startup é um abatimento de até 30% nos gastos logísticos.

Enfim, gostou da matéria sobre as 4 empresas que auxiliam o empreendedor iniciante a ter sucesso?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Flamingo Images/Shutterstock.