Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Aposentado vence na justiça: INSS terá que pagar adicional de insalubridade

Veja como a aposentadoria especial foi reconhecida com adicional por insalubridade em um caso, obrigando o INSS a indenizar o trabalhador.

No recente julgamento realizado pela 1ª Turma Recursal da Seção Judiciária de Goiás, um técnico de saneamento conquistou o direito ao adicional de insalubridade em sua aposentadoria pelo INSS.

Esse desfecho ressalta a relevância do conhecimento e da orientação adequada sobre os direitos previdenciários dos trabalhadores expostos a condições nocivas à saúde. Para compreender melhor os desdobramentos desse caso e suas implicações, acompanhe mais detalhes!

Entenda o caso do adicional por insalubridade

Celular com logo do INSS
Imagem: rafastockbr / shutterstock.com

Um técnico de saneamento, ciente dos riscos à saúde inerentes à sua profissão, buscou amparo na Justiça para revisar sua aposentadoria. A alegação: durante sua carreira, esteve exposto a agentes nocivos que impactaram negativamente sua saúde.

O tribunal de primeira instância, reconhecendo o mérito da causa, concedeu o merecido aumento no valor da aposentadoria. No entanto, para a frustração do técnico, o pagamento dos valores retroativos foi negado.

Inconformado com essa decisão parcial, o INSS recorreu, buscando reverter o reconhecimento da revisão da aposentadoria. Já a defesa do trabalhador, determinada a garantir seus direitos, entrou com um recurso para assegurar o recebimento das verbas atrasadas.

O que diz a lei sobre aposentadoria especial?

A legislação previdenciária brasileira prevê a possibilidade de aposentadoria especial para aqueles que trabalharam em condições que prejudicam a saúde ou a integridade física. Segundo normas do INSS e decisões recorrentes do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ), deve-se priorizar a condição mais vantajosa para o segurado.

O técnico, após anos de serviço sob condições insalubres, decidiu buscar na justiça o reconhecimento de seus direitos, resultando em uma decisão favorável que refirma a obrigação do INSS de proporcionar aposentadoria adequada aos seus contribuintes.

A decisão foi baseada na comprovação da exposição do trabalhador a agentes nocivos, e destacou-se que o INSS deveria ter orientado o trabalhador sobre como proceder para garantir a aposentadoria especial.

Como proceder caso você esteja em situação similar?

Não hesite: buscar orientação o mais cedo possível é fundamental. Mantenha uma documentação detalhada sobre as condições de trabalho e a exposição a agentes nocivos.

Veja também:

Ainda não declarou o Imposto de Renda? Saiba como declarar antes que o prazo acabe

Recomenda-se consultar um advogado especializado em direito previdenciário para obter orientação adequada.

Imagem: rafastockbr / shutterstock.com