Na última quinta-feira (05), o presidente do Banco Central – Roberto Campos Neto, disse que enxerga a promoção da educação financeira como um mecanismo fundamental, pois o cheque especial é utilizado por quem ganha menos e possui menor escolaridade. Entre várias ideias que têm sido consideradas para redução da taxa de juros, está a possibilidade de oferta de conteúdos de educação financeira pelos birôs de crédito, que poderão aumentar o score de crédito dos consumidores. Uma excelente ideia, não é mesmo?

É provável que você também goste:

Cartão de crédito negado? Saiba porque você é barrado antes da consulta do CPF no SPC e Serasa

Deu ruim! Falha no sistema do Banco Inter deixa internet banking e aplicativo fora do ar

Novo PicPay Card sem anuidade sai na frente do Nubank e oferece até 5% de dinheiro de volta em suas compras.

Banco Central quer aumentar score de crédito de quem fizer cursos de educação financeira

De acordo com uma recente pesquisa do Guiabolso, depois de 13 dias no cheque especial, é mais vantagem trocar essa dívida até mesmo pelo empréstimo pessoal.

“Em breve vamos sair com um plano para diminuir os juros nos produtos emergenciais, tanto no rotativo (do cartão de crédito) quanto no cheque especial”, disse Roberto Campos Neto, em evento do Americas Society/Council of The Americas.

Além da oferta de cursos de educação financeira que podem aumentar o score de crédito dos consumidores, existem outras iniciativas. Por exemplo, cogita-se fazer uma espécie de programa de milhagem. Ou seja, ao participar em cursos de educação financeira, o consumidor poderá acumular pontos que poderão ser trocados em descontos em produtos bancários.

Campos Neto também disse que o Banco Central possui um projeto pronto para hedge cambial. Uma medida que deve ajudar a impulsionar o financiamento à infraestrutura no país. Ademais, o BC persegue a diminuição do custo de crédito em várias frentes, e que a inflação está sob controle no curto, médio e longo prazos e que enxerga uma redução ainda maior da taxa Selic em breve.

Agora, que tal conferir as nossas 6 dicas de como aumentar o score de crédito no nosso canal do YouTube?

 

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Fonte: Folha Online