Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Aumento da Selic pode turbinar a sua restituição do Imposto de Renda

Aumento na taxa Selic pode influenciar o valor que você vai receber na restituição do IR.

0

De acordo com os prazos de entrega do Imposto de Renda, quem fizer a declaração primeiro pode conseguir algumas vantagens, como por exemplo, receber antecipadamente a tão aguardada restituição.

No entanto, o Comitê de Política Monetária anunciou na semana passada que a taxa Selic aumentou de 2% para 2,75%. Esse aumento tem impacto direto no valor da restituição.

É provável que você também goste:

Declaração pré-preenchida do IR pode estar disponível hoje

Nascidos em julho já podem atualizar dados no Caixa Tem

Como a alta da taxa Selic para 2,75% afeta o seu dia a dia?

Como calcular a taxa Selic no Imposto de Renda

Ao realizar o pagamento do Imposto de Renda, o contribuinte deixa um dinheiro em posse da Receita Federal, que voltará para ele posteriormente. Com o intuito de que esse dinheiro não perca seu valor, o órgão faz a devolução com uma correção.

A Selic, atualmente a 2,75% ao ano, gera por mês 0,22%, correção que deve ser aplicada no dinheiro em casos de restituição.

Caso deseje fazer o cálculo da diferença desta correção monetária, o contribuinte precisa pegar o prazo máximo de entrega da documentação e verificar qual será seu lote de recebimento. Dessa forma, basta fazer o cálculo da Selic no último dia de entrega, até um mês anterior ao recebimento do dinheiro.

É preciso lembrar que, após liberado, o dinheiro não será mais corrigido e o contribuinte precisa retirá-lo para fazer uso dentro de um mês, como uma forma de garantir seu real valor, sem que se perca com a inflação. O dinheiro ficará disponível no banco indicado pelo período de um ano.

De acordo com Samir Nehme, presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Rio de Janeiro (CRCRJ), mesmo que a Selic seja um rendimento que não oferece problema por ser bem seguro, ela continua a ser considerada uma taxa baixa para investimentos.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Billion Photos / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...