Banco Central pode reverter suspensão do WhatsApp Pay no Brasil

0

Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central (BC), afirmou que a instituição pode reverter a suspensão do WhatsApp Pay no Brasil. Entretanto, para que isso aconteça, o WhatsApp precisa provar que o arranjo proposto é competitivo e protege adequadamente os dados dos clientes.

É provável que você também goste:

FGTS e Auxílio emergencial: emitir boleto em seu próprio nome pelo Nubank é ilegal?

WhatsApp Pay vem aí: Cade libera parceria entre Cielo e Facebook

Entregadores de aplicativo poderão ter vínculo empregatício reconhecido

Conforme declaração de Roberto Campos Neto: “Entendemos que existe um ponto que ele pode ser competitivo ou pode não ser. Mas a gente não está dizendo que não é, a gente só quer que peçam autorização e que nos mostrem como vai ser o funcionamento para gente ter certeza que é competitivo”.

O WhatsApp Pay iniciou seus serviços no Brasil no dia 15 de junho, tendo as bandeiras Visa e Mastercard como parceiras. Além disso, a Cielo e instituições financeiras como Banco do Brasil, Sicredi e Nubank também participariam do WhatsApp Pay. Contudo, na semana passada, o BC ordenou que essas bandeiras suspendessem o uso do aplicativo de pagamentos e transferências. Durante esse período de suspensão, o BC seguirá avaliando os possíveis riscos do WhatsApp Pay ao funcionamento do Sistema de Pagamentos Brasileiro.

Banco Central está disposto reverter suspensão do WhatsApp Pay

O WhatsApp Pay havia iniciado suas atividades no Brasil sem pedir autorização ao Banco Central por se tratar de uma operação com baixa quantidade de movimentações. No entanto, esse critério só é usado para negócios pequenos, que não teriam tanta influência no sistema financeiro. De acordo com o BC, o fato de haver 120 milhões de usuários do WhatsApp no Brasil indica um alto potencial de uso desse sistema. Sendo assim, é necessária a autorização do Baco Central.

Por fim, Roberto Campos Neto reforça que o Banco Central não proibiu o sistema de pagamentos via WhatsApp. Portanto, assim que o WhatsApp comprovar que é um arranjo competitivo e oferece proteção aos dados de seus usuários, ele vai revertar a suspensão do WhatsApp Pay.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: Jakraphong Photography / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais