Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Bancos oferecem até 90% de desconto na renegociação de dívidas pelo Desenrola Pequenos Negócios

Saiba mais sobre como renegociar dívidas com descontos de até 90% por meio do programa Desenrola Pequenos Negócios!

O programa Desenrola Pequenos Negócios demonstra ser uma ferramenta essencial para a recuperação econômica de microempreendedores individuais (MEIs) e pequenas empresas afetadas por dívidas. Com um foco estratégico em negociações atrativas, o programa tem facilitado o resgate financeiro de muitos negócios em todo o Brasil.

Até a última contagem feita pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos), registrou-se um aumento da ordem de 33% nas renegociações, alcançando a marca de R$ 1,68 bilhão em acordos. Continue a leitura para mais informações!

Desenrola Pequenos Negócios oferece até 90% de desconto em renegociações

Mão esquerda mexendo em uma calculadora enquanto mão direita segura uma caneta e escreve algo em uma papel
Imagem: Zadorozhnyi Viktor / shutterstock.com

A participação está aberta a MEIs e pequenas empresas que apresentem dívidas com mais de 90 dias de atraso até 22 de abril de 2024. As renegociações podem ser feitas até 31 de dezembro deste ano.

Sendo assim, o Desenrola Pequenos Negócios oferece várias modalidades de negociação, que incluem parcelas mensais a partir de R$ 10, por exemplo. Ademais, confira abaixo quais são alguns dados relevantes sobre o programa:

  • O estado de São Paulo lidera em quantidade de contratos renegociados, com 28% do total nacional;
  • Serviços e comércio representam as maiores fatias de endividamento, o que destaca a crise nesses setores;
  • O Acre mostra o menor número de contratos, indicando uma disparidade regional nas adesões ao programa.

Saiba como aderir ao programa

O Desenrola Pequenos Negócios foca exclusivamente em dívidas com instituições financeiras. Entre elas, estão Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Itaú, Santander, Sicredi e Mercantil do Brasil.

Veja também:

Governo Federal e Nubank anunciam parceria; veja como vai funcionar!

Assim, micro e pequenos empreendedores podem iniciar a renegociação por meio de diversos canais, incluindo aplicativos, internet banking, telefone, WhatsApp, agências bancárias e escritórios conveniados. Por fim, confira abaixo como fazer a adesão ao programa nos seguintes bancos:

  • O Banco do Brasil oferece descontos de até 20% nas taxas de juros, prazos de até 120 meses e redução de até 96% na liquidação à vista das dívidas;
  • O Itaú oferece condições de pagamento e descontos de acordo com o perfil do cliente e o valor da dívida em atraso;
  • O Santander proporciona descontos, juros reduzidos, prazos estendidos de pagamento, parcelas mínimas de R$ 10 e até 120 meses para quitar as dívidas;
  • C6 Bank oferece redução de até 95% com prazo de até 72 meses para pagamento.

Imagem: Zadorozhnyi Viktor / shutterstock.com