Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

BNDES reorganiza a diretoria do banco para atender novas demandas

Ao trocar a diretoria, o BNDES quer atender demandas de desestatizações e infraestrutura.

0

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou que vai mudar a sua diretoria. A meta é atender novas demandas de desestatizações e infraestrutura. Além disso, quer dar mais apoio para novos modelos de financiamentos e ações socioambientais. 

É provável que você também goste:

Até o fim de maio, Pix atingiu 253,5 milhões de chaves cadastradas

Os 5 maiores bancos tradicionais detêm mais de 80% dos empréstimos

BNDES concede empréstimo para MEI de até R$ 21 mil

BNDES reorganiza a diretoria do banco para atender novas demandas

Desde julho de 2019, Gustavo Montezano era diretor do BNDES. Nos dois anos de administração de Montezano, criou-se um banco de serviços “robusto, o desinvestimento foi acelerado e o foco na sustentabilidade reforçado”, disse a instituição. 

E, assim, houve um avanço nas 5 metas que o presidente tinha. Afinal, ele buscou consolidar a transparência diante da sociedade. Além disso, acelerou a venda de participações acionárias especulativas do banco. 

Entretanto, Montezano trabalhou com a devolução de aportes extraordinários do Tesouro Nacional e atuou no Plano Trienal com metas claras e de impacto para sociedade. Por fim, o BNDES buscou ser a Fábrica de Projetos para governos.

Atualmente, o banco possui 120 projetos em curso. Os mesmos vão render mais de R$ 240 bilhões em recursos para o Brasil, reforçando a realização de leilões importantes. 

Nova gestão

A Diretoria de Crédito a Infraestrutura, com coordenação de Petrônio Cançado, vai ter a missão de atender a demanda por financiamentos de longo prazo dos projetos de infraestrutura. Dessa forma, Cançado e sua equipe vão buscar novas formas de organizar o mercado de crédito. 

Já a Diretoria de Crédito Produtivo e Socioambiental vai ter a administração de Bruno Aranha. Ele vai controlar os financiamentos para indústrias, comércio e serviços, bem como o apoio ao comércio exterior. Por fim, também vai liderar a área de gestão pública e socioambiental. 

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Photocarioca / shuttertock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.