A notícia de que a equipe econômica de Bolsonaro pretende congelar as aposentadorias para pagar o Renda Brasil sem dúvida chocou muitos de nossos leitores. Mas não foram somente eles que ficaram impressionados com essa notícia: hoje (15), o próprio presidente Bolsonaro gravou um vídeo em resposta a essa informação e afirmou que desiste do Renda Brasil. Veja mais detalhes no texto a seguir.

É provável que você também goste:

Saiba como solicitar cartão de crédito online da Lojas Americanas

Perícias do INSS estão suspensas por questões de segurança

7 dicas para você não ficar com o nome sujo no SPC

Bolsonaro desiste do Renda Brasil e garante Bolsa Família até 2022

Em vídeo compartilhado em sua conta oficial no Twitter, Bolsonaro negou que vá congelar aposentadorias e disse que desiste do Renda Brasil. Sendo assim, pelo menos até 2022, o programa Bolsa Família, criado no governo Lula, vai ser mantido. O Renda Brasil, como já dissemos aqui, seria um novo programa de transferência de renda com o intuito de substituir o Bolsa Família.

Conforme Bolsonaro, “até 2022, no meu governo, está proibido falar a palavra Renda Brasil. Vamos continuar com o Bolsa Família e ponto final”.

Fala de secretário sobre aposentadorias causou muita polêmica

Desde ontem, uma declaração de Waldery Rodrigues, secretário Especial de Fazenda do Ministério da Economia, está gerando muita polêmica. Em entrevista ao site G1, Waldery cogitou a possibilidade de suspender o aumento nas aposentadorias por 2 anos, para que usar esse dinheiro no programa Renda Brasil. De acordo com o secretário, as aposentadorias e pensões deveriam ser desvinculadas do salário mínimo.

Veja a seguir o tweet de Jair Bolsonaro:

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitter Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: BW Press / Shutterstock

Sobre o Autor

Jadre Marques Duarte Junior

Redator-chefe

Graduado em Administração de Empresas pela UFRGS. Apaixonado por marketing, comunicação e finanças, possuo mais de 8 anos de experiência na área de T.I. aplicada a serviços financeiros.

Ver todos os artigos