Brasil chega a quase um milhão de pedidos de seguro-desemprego em maio

0

O Ministério da Economia divulgou nesta terça-feira (09) que, no mês de maio deste ano, o Brasil chegou a quase um milhão de pedidos de seguro-desemprego. O total de novos pedidos de seguro-desemprego em maio foi de 960.258, enquanto que, em maio de 2019, o total de pedidos chegou a 627.779. Isso representa um aumento de 53% em relação ao mesmo mês do ano passado. O principal motivo para esse aumento sem dúvida é a crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

É provável que você também goste:

Confira o horário de funcionamento dos bancos no feriado de Corpus Christi (11/06)

Bolsonaro diz que aumenta Auxílio Emergencial para R$ 1.000, se sair do salário dos deputados

Trabalhadores poderão receber mais tempo de seguro-desemprego

Pedidos de seguro-desemprego somam quase um milhão em maio

Desde meados de março, quando as medidas para combater o avanço da pandemia do novo coronavírus no país tiveram início, ao menos 1.944.125 de pessoas solicitaram o seguro-desemprego. O aumento deste período em relação ao mesmo período do ano passado foi de 26%. Entre março e maio de 2019, foram registrados 1.541.517 pedidos de seguro-desemprego.

São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro foram os estados que lideraram os pedidos de seguro-desemprego em maio. Em São Paulo, foram feitos 281.360 pedidos de seguro-desemprego. Já em Minas Gerais, o total chegou a 103.329 pedidos. Por fim, no Rio de Janeiro foram feitos 82.584 pedidos de seguro-desemprego em maio.

Desde o começo do ano, as solicitações de seguro-desemprego dos trabalhadores formais somou 3.297.396, conforme o Ministério da Economia. O aumento em relação ao ano passado foi de 12%, pois, em 2019, foram feitos 2.933.894 pedidos no mesmo período.

Desemprego também aumentou nos EUA

Em 3 meses, os EUA chegaram a uma marca incrível: foram feitos um total de 42,6 milhões de pedidos de seguro-desemprego. Segundo divulgou o Departamento do Trabalho, apenas na última semana de maio foram registrados 1,877 milhão pedidos de seguro desemprego no país.

Apesar do alto número, a última semana do mês de maio mostrou que os pedidos estão desacelerando nos EUA em relação às semanas anteriores. Para se ter uma ideia, na semana anterior, foram solicitados nos EUA 2,12 milhões pedidos de seguro-desemprego. Entretanto, na primeira semana de abril foi batido o recorde de pedidos, com com 6,6 milhões de solicitações.

Por conta da grande crise causada pela pandemia do novo coronavírus, o aumento no número de pedidos de seguro-desemprego ocorreu de maneira acelerada. Isso aconteceu porque diversos países foram obrigados a adotar severas medidas de restrição e isolamento social. Desta forma, vários setores da economia foram afetados, causando um significativo aumento no desemprego.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Victoria Labadie via Shutterstock

Comentários
Carregando...