Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Brasileiros têm mais de R$ 7 BILHÕES esquecidos para sacar no Banco Central

O Banco Central (BC) confirmou que brasileiros têm mais de R$ 7 bilhões esquecidos. Veja se você é um deles!

O Banco Central (BC) confirmou que brasileiros têm mais de R$ 7 bilhões esquecidos. O montante está disponível para saque desde o começo do ano, quando a entidade reabriu o Sistema Valores a Receber (SVR). Além de consumidores, pessoas jurídicas também estão autorizadas a sacar o dinheiro esquecido.

Os dados referem-se ao dinheiro acumulado até setembro deste ano. Todo o montante bilionário correspondente a dinheiro em contas finalizadas em distribuidoras e corretoras, tarifas cobradas indevidamente, recursos não procurados referentes a grupos de consórcios já encerrados, entre outras fontes.

Cerca de 820 mil CPFs podem sacar valores acima de R$ 1.000

Ao todo, cerca de 38 milhões de pessoas físicas e 3 milhões de pessoas jurídicas têm valores a receber. Aproximadamente 820 mil CPFs estão autorizados a receber valores acima de R$ 1.000, enquanto outros 4,6 milhões podem sacar entre R$ 100 e R$ 1.000. Os demais beneficiários possuem quantias abaixo disso.

Veja também:

Que dia cai o décimo terceiro em 2023? Confira a data exata

Em agosto, o BC informou que uma única pessoa física conseguiu recuperar R$ 2,8 milhões através do SVR. O resgate mais alto realizado por uma pessoa jurídica foi de R$ 3,3 milhões. Ao longo do tempo, a entidade já devolveu R$ 5,1 bilhões aos seus respectivos donos.

Mão segurando cédulas de cem e, ao fundo, notas de 50 reais referentes a pagamentos antecipados.
Imagem: rafastockbr / shutterstock.com

Como saber se tenho direito a uma parte do valor esquecido?

Para verificar se possui uma fatia dos R$ 7 bilhões esquecidos no sistema do Banco Central, a pessoa (física ou jurídica) deve utilizar o site oficial. Em suma, basta ela:

  • Acessar o site;
  • Clicar em “Consulte valores a receber”;
  • Digitar a data de nascimento e o CPF ou a data de abertura da empresa e o CNPJ;
  • Realizar a verificação de segurança;
  • Por fim, tocar no botão “Consultar”.

Por fim, caso a consulta gere resultado positivo, a pessoa terá que dar início ao processo de recuperação do valor disponível. Nesse sentido, ela deverá retornar ao site do BC para ir para a opção “Acesse ao Sistema de Valores a Receber” e fazer login com a conta gov.br (nível prata ou ouro).

Imagem: rafapress / shutterstock.com