A Caixa Econômica Federal, seguindo um movimento das fintechs anunciou nesta quarta-feira (31), corte na taxa de juros das suas principais linhas de crédito a partir desta quinta-feira (01) tanto para pessoas físicas quanto jurídicas. E ainda, a partir de 19 de agosto, o banco estatal vai disponibilizar um novo pacote de produtos chamado “Caixa Sim”, com taxas melhores ainda aos seus clientes, inclusive no cheque especial e oferecendo cartão de crédito sem anuidade.

É provável que você também goste:

Como fica o rendimento da NuConta com a queda da taxa Selic?

Nubank vai contratar mil funcionários.

Banco do Brasil segue Caixa e queda da Selic, reduzindo taxa de juros

Caixa anuncia corte brutal na taxa de juros e cartão de crédito sem anuidade

“Somos o banco mais solvente do mercado. Nenhum outro banco tem 2% de Índice de Basileia”, afirmou o presidente do banco, Pedro Guimarães. “Isso nos permite tomar essa medida”. As reduções de taxas são permanentes, completou.

Primeiramente, no cheque especial para pessoas físicas, a redução imediata na taxa de juros é de 26%, com a taxa máxima indo de 13,45% ao mês para apenas 9,99% ao mês. Contudo, para pessoas jurídicas, a redução no cheque especial é de 33%, caindo de 14,95% ao mês para também 9,99% ao mês.

Entretanto, no pacote “Caixa Sim”, as taxas serão ainda menores. Ou seja, no caso do cheque especial para famílias, a redução na taxa alcançará 33%, para 8,99% ao mês. Para pessoa jurídica, a redução nessa linha será de 40%, passando também para 8,99% ao mês.

No crédito pessoal, a Caixa Econômica Federal vai reduzir 21% na cobrança de taxas. Ou seja, vai passar dos atuais 4,99% ao mês para apenas 2,29% ao mês. Isso vai depender do perfil do cliente.

Caixa anuncia corte brutal na taxa de juros – Cartão de crédito sem anuidade

Outra grande novidade, é a oferta do cartão de crédito sem anuidade para pessoas físicas. “A isenção de anuidade é importante em um momento de grande competição no mercado bancário, inclusive com a liberação de recursos do FGTS”, completou.

Caixa anuncia corte brutal na taxa de juros – Capital de giro

Para empresas, a redução será de 11% nas taxas de capital de giro nas operações com aval de sócios (a partir de 1,69% ao mês) e de 13% nas de capital de giro com aval de sócios mais imóvel ou aplicação financeira (a partir de 0,99% ao mês ou 0,95% ao mês, respectivamente).

Por fim, na antecipação de recebíveis com cartão de crédito, a taxa será de 1,85%. Também não haverá anuidade no primeiro ano do cartão de crédito para pessoas jurídicas.

O movimento de oferta na redução brutal das taxas de juros praticadas pela estatal vem de uma orientação interna do banco, e o objetivo é se antecipar a uma retomada mais aquecida na demanda por crédito no segundo semestre deste ano. O presidente da Caixa – Pedro Guimarães, considera a ação das reduções das taxas de juros como uma “devolução à sociedade” do resultado recorrente recorde do banco.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter, Instagram. Assim, acompanhe notícias sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Via Broadcast Estadão