O presidente da Caixa Econômica Federal – Pedro Guimarães, anunciou neste sábado (13), o calendário oficial de saque emergencial do FGTS no valor de R$ 1.045 por trabalhador. As liberações emergenciais do FGTS começarão no dia 29 de junho para trabalhadores nascidos em janeiro. Confira o calendário completo.

É provável que você também goste:

Guedes pretende incluir trabalhadores informais no novo Bolsa Família

Mercado Pago libera parcelamento de contas e boletos em até 12 vezes.

Como consultar o saldo de contas ativas ou inativas para os novos saques do FGTS

Caixa divulga calendário oficial de saque do FGTS no valor de R$ 1.045

Primeiramente, cabe ressaltar que o saque em espécie ou transferências, somente começarão a ser liberados a partir de 25 de julho (confira o calendário completo mais abaixo).

A nova liberação do saque do FGTS ocorre em virtude da pandemia do novo coronavírus, que afetou as atividades econômicas e consequentemente, a renda dos trabalhadores.

Para evitar aglomerações nas agências, a Caixa Econômica Federal fixou datas distintas para a liberação do crédito em conta e para o saque em espécie ou transferência dos valores. Dessa forma, o calendário considera o mês de nascimento do trabalhador.

Veja as datas a seguir, de acordo com o mês de nascimento do trabalhador:

  • Janeiro – Uso Digital: 29 de junho – Saques e transferências: 25 de julho
  • Fevereiro – Uso Digital: 6 de julho – Saques e transferências: 8 de agosto
  • Março – Uso Digital: 13 de julho – Saques e transferências: 22 de agosto
  • Abril – Uso Digital: 20 de julho – Saques e transferências: 5 de setembro
  • Maio – Uso Digital: 27 de julho – Saques e transferências: 19 de setembro
  • Junho- Uso Digital: 3 de agosto – Saques e transferências: 3 de outubro
  • Julho – Uso Digital: 10 de agosto – Saques e transferências: 17 de outubro
  • Agosto – Uso Digital: 24 de agosto – Saques e transferências: 17 de outubro
  • Setembro – Uso Digital: 31 de agosto – Saques e transferências: 31 de outubro
  • Outubro – Uso Digital: 8 de setembro – Saques e transferências: 31 de outubro
  • Novembro – Uso Digital: 14 de setembro – Saques e transferências: 14 de novembro
  • Dezembro – Uso Digital: 21 de setembro – Saques e transferências: 14 de novembro

“A cada semana realizaremos o credito digital na conta dos brasileiros. Sempre às segundas-feiras, com exceção do dia 8 de setembro, porque dia 7 é feriado. Teremos, a partir do dia 29, pelas próximas 12 semanas, a cada segunda feira, 5 milhões de brasileiros recebendo esse depósito e terão o saque sendo permitido a partir de cada sábado”, disse Guimarães.

Quem tem direito ao saque do FGTS?

Todos os trabalhadores que tenham contas ativas ou inativas do FGTS poderão sacar até R$ 1.045. Caso o trabalhador tenha mais de uma conta do FGTS, o saque deverá ser feito primeiro das contas inativas (de contratos de trabalho extintos), das contas de menor saldo, e posteriormente das contas ativas. Independentemente do valor disponível nas contas, o valor máximo que poderá ser sacado é de R$ 1.045.

Como não aderir ao saque emergencial do FGTS?

Para os trabalhadores que não queiram sacar os seus recursos, é necessário informar a Caixa Econômica Federal com pelo menos dez dias de antecedência da data de crédito prevista.

O dinheiro estará disponível para saque até o dia 30 de novembro. Entretanto, se o saque emergencial não for feito até essa data, automaticamente o valor retornará para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: RHJPhtotoandilustration via shutterstock