Nesta quinta-feira (13), a Caixa Econômica Federal começou o pagamento do Abono Salarial reajustado (Programa de Integração Social – PIS) calendário 2019/2020, para os trabalhadores nascidos entre os meses de março e abril. Os valores foram reajustados de acordo com o novo salário mínimo e variam de R$ 88 a R$ 1.045, de acordo com a quantidade de dias trabalhados durante o ano base 2018. Confira os novos valores e saiba quem tem direito.

É provável que você também goste:

Paulo Guedes afirma que dólar alto é bom porque “doméstica estava indo para a Disney”.

Manter o Cadastro Positivo ativo pode reduzir o seu score de crédito?

Frente Corretora lança inteligência artificial que ajuda nas operações de câmbio

Caixa libera abono salarial reajustado nesta quinta (13).

Primeiramente, cabe ressaltar que os titulares de conta individual na CAIXA com cadastro atualizado e movimentação na conta recebem o crédito automático antecipado hoje (11). Os pagamentos são escalonados de acordo com o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho, com os nascidos naquele mês. O prazo final para o saque do abono salarial do calendário de pagamentos 2019/2020 é 30 de junho de 2020.

Ao todo, são mais de 3,6 milhões de trabalhadores nascidos em março e abril, totalizando R$ 2,7 bilhões em recursos injetados na economia. O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo CAIXA Trabalhador, no site da CAIXA (www.caixa.gov.br/PIS) ou pelo Atendimento CAIXA ao Cidadão: 0800 726 0207.

A CAIXA vai disponibilizar cerca de R$ 16,5 bilhões para mais de 21,6 milhões de beneficiários até o final do calendário.

Confira todas as datas, de acordo com a tabela logo a seguir:

Abono Salarial reajustado:

O valor do Abono Salarial foi reajustado de acordo com o novo valor do salário mínimo, conforme a tabela abaixo, variando de acordo com o número de meses trabalhados:

  • 1 mês trabalhado: R$ 88,00
  • 2 meses trabalhados: R$ 175,00
  • 3 meses trabalhados: R$ 262,00
  • 4 meses trabalhados: R$ 349,00
  • 5 meses trabalhados: R$ 436,00
  • 6 meses trabalhados: R$ 523,00
  • 7 meses trabalhados: R$ 610,00
  • 8 meses trabalhados: R$ 697,00
  • 9 meses trabalhados: R$ 784,00
  • 10 meses trabalhados: R$ 871,00
  • 11 meses trabalhados: R$ 958,00
  • 12 meses trabalhados: R$ 1.045,00

Quem tem direito ao saque:

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2018, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Adicionalmente, também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano base 2018.

Quem possui o Cartão do Cidadão e senha cadastrada, basta se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento CAIXA Aqui ou aos terminais de autoatendimento da CAIXA. Todavia, caso não tenha o Cartão do Cidadão e não receba automaticamente em conta na CAIXA, o valor pode ser retirado em qualquer agência da CAIXA, apresentando o documento de identificação oficial com foto.

Por fim, cabe ressaltar que o trabalhador com vínculo a empresa pública possui inscrição PASEP e recebe o pagamento pelo Banco do Brasil.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: rafapress via shutterstock