Saque Emergencial do FGTS: Como solicitar o cancelamento e desfazimento do crédito?

0

Desde o final de junho, a Caixa Econômica Federal passou a pagar o saque emergencial do FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço para todos os trabalhadores, com crédito em Conta Poupança Social Digital, em um primeiro momento, podendo ser sacado aproximadamente um mês depois. O valor do saque emergencial é limitado a R$ 1.045 considerando a soma dos saldos de todas as contas ativas ou inativas do trabalhador. Entretanto, muitas pessoas não têm o interesse de ficar com este dinheiro, mesmo que chegue em boa hora, especialmente pela rentabilidade do FGTS, que é maior do que qualquer investimento em renda fixa, ou ainda por outras razões, como juntar para ajudar na compra da casa própria. Portanto, se você não gostaria de sacar o FGTS, saiba como solicitar o cancelamento e desfazimento do crédito.

É provável que você também goste:

Nubank diz que sumiço de dinheiro das contas de clientes é culpa da Caixa. Caixa nega

Justiça do Trabalho obriga Uber a pagar direitos trabalhistas a motorista

MEIs podem pegar empréstimo emergencial de até R$ 15 mil a juro zero

Como solicitar o cancelamento e desfazimento do crédito do FGTS?

O novo saque emergencial do FGTS foi liberado pela MP 946/20, e tem como objetivo principal o enfrentamento do estado de calamidade pública que foi reconhecido pelo Governo Federal por conta da pandemia do coronavírus. Dessa forma, serão liberados cerca de R$ 37,8 bilhões para cerca de 60 milhões de trabalhadores.

Em um primeiro momento, o crédito é feito em Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa, e pode ser movimentado exclusivamente de maneira digital. Logo a seguir, confira o calendário de pagamentos pela Caixa Econômica Federal.

Calendário do Saque Emergencial do FGTS

calendario fgts

Cancelamento e desfazimento do crédito automático do Saque Emergencial do FGTS

Se o trabalhador não quiser receber o saque emergencial, é possível informar essa opção através do App FGTS com pelo menos 10 dias antes da data prevista para o crédito na poupança social digital, conforme o calendário que divulgamos logo acima.

Entretanto, após o crédito dos valores na conta poupança social digital, o trabalhador poderá solicitar o seu desfazimento. Dessa forma, os valores retornarão à conta do FGTS devidamente corrigidos, sem prejuízo nenhum ao trabalhador. A solicitação de desfazimento do crédito do Saque Emergencial não pode ser desfeita.

Como solicitar o desfazimento

Passo 01

Entre aqui neste link do Saque Emergencial do FGTS, coloque seu CPF, marque “Não sou um robô”, e clique em continuar.

desfazimento saque FGTS

Passo 02

Digite a sua senha e clique em Continuar. Caso tenha esquecido a senha, clique em “Cadastrar ou esqueceu a Senha?”e siga todos os passos, criando uma nova senha.

senha FGTS

Passo 03

Logo em seguida, insira o número do seu celular com DDD. Marque a opção Li e concordei com os termos e condições do serviço e desejo receber alertas eletrônicos com informações de minhas contas vinculadas FGTS e depois disso, clique em Continuar.

cadastro do celular

Passo 04

Na próxima tela, agora será possível visualizar o valor disponível em contas do FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Para solicitar o desfazimento do crédito automático é preciso clicar em Continuar.

valor FGTS

Passo 05

Agora, basta marcar a opção “Solicito o desfazimento do crédito automático em conta” e conclua a operação. Com isso, a solicitação foi finalizada.

desfazimento do FGTS

Atenção: Caso não haja movimentação na conta poupança social digital até 30/11/20, o valor será devolvido automaticamente à conta FGTS com a devida remuneração do período, sem nenhum prejuízo ao trabalhador. Se após esse prazo, o trabalhador decidir fazer o saque emergencial, poderá solicitar pelo APP FGTS até 31/12/2020.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Antonio Salaverry via shutterstock

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar