Atualmente, na nova onda das criptomoedas e a volta do Bitcoin, os usuários agora têm a possibilidade de carregá-lo com criptomoedas e fazer pagamentos no Brasil e no exterior. O cartão Visa funciona com Bitcoin, e o estabelecimento sequer fica sabendo, pois o vendedor recebe em reais.

É provável que você também goste:

Com o fim da lista de espera, Nubank volta a liberar limite de R$ 50

Reforma da Previdência é aprovada no 1º turno da Câmara por 379 a 131 votos

Dinheiro mais barato com garantia de imóvel pode ajudar endividado no SPC e Serasa

Cartão Visa funciona com Bitcoin até para negativados no SPC/Serasa

A nova solução foi anunciada pela Alterbank, que é uma startup brasileira que surgiu no Rio de Janeiro, e que já possui parcerias com importantes empresas do setor das criptomoedas, como BitGo, bitPreço, Belveder e Pague Cripto.

Com a novidade, o usuário tem à sua disposição toda a facilidade de utilizar parte das suas criptomoedas em uma solução completa de conta digital. Ou seja, sendo possível realizar TEDs, recargas de celular, saques em caixas eletrônicos e pagamento de boletos.

“Estamos criando algo competitivo. Por meio de trocas de parceiros, conseguimos reduzir custos e melhorar a eficiência operacional. Oferecemos essa opção aos usuários: sabemos que muitas pessoas gostam de manter os saldos do Bitcoin para aproveitar as avaliações, mas acham interessante transformar uma pequena porção no uso diário”, destaca Vinicius Frias, CEO da Alterbank.

De acordo com as informações contidas no site da empresa, a maior parte das operações não terão custo, como abertura de conta, manutenção, emissão do cartão, anuidade. Entretanto, vai cobrar saques na rede ATM 24h R$ 6,90, transferências para outros bancos – R$ 3,50 e saques internacionais ao custo de R$ 17,00.

O aplicativo ainda não foi oficialmente lançado. Entretanto, isso deve acontecer muito em breve, e ele estará disponível para Android e iOS. Confira maiores informações no site da empresa.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.

Via CriptoFacil