Clientes da Caixa agora podem contratar crédito habitacional pelo app

Agora, todas as fases da contratação de crédito habitacional podem ser feitas no app Habitação Caixa

0

A Caixa Econômica Federal – CEF, agora permite a contratação de crédito habitacional por meio do app. No app Habitação Caixa, os usuários podem acessar um serviço interativo, através do qual contempla todas as fases do cadastramento, o que vai desde o cadastro até a aprovação.

É provável que você também goste:

Bolsonaro recua e diz que auxílio não tem como ficar por muito tempo.

Veja como evitar cair no golpe do falso pedido de empréstimo pelo WhatsApp

Descubra aqui as melhores opções de crédito para MEI

Clientes da Caixa agora podem contratar crédito habitacional pelo app

De acordo com a Caixa, o cliente poderá acompanhar todas as etapas do seu processo habitacional. E ainda, caso seja necessário, pode resolver pendências pelo próprio aplicativo. Em seguida, o cliente envia sua proposta para o banco e acompanha o processo no ambiente virtual.

Após todas as etapas concluídas na plataforma digital, o usuário precisará simplesmente se deslocar até uma agência da Caixa para a assinatura do contrato.

Por meio do próprio aplicativo, o cliente pode verificar se a sua proposta foi recebida, se há a ocorrência de pendências documentais, bem como o resultado de sua avaliação de crédito. Ademais, também é possível acessar o boleto para pagamento da tarifa inicial de avaliação do imóvel pretendido e conferir o resultado do laudo.

O usuário poderá também acompanhar online a liberação dos recursos da sua conta vinculada do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em caso de utilização como entrada no financiamento, bem como a data prevista para assinatura do contrato.

O App Habitação Caixa está disponível para os sistemas operacionais Android e IOS. Ele pode ser baixado gratuitamente nas lojas GooglePlay ou AppStore.

Confira outros serviços relacionados ao contrato habitacional no app Habitação Caixa:

  • Emissão de boleto;
  • Alteração de dados do contrato;
  • Amortização do financiamento;
  • Inclusão de débito automático;
  • Liquidação antecipada;
  • Uso do FGTS;
  • Declaração de quitação anual de débitos;
  • Demonstrativo de valores pagos;
  • Extrato para Imposto de Renda.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc.

Imagem: rafapress/shutterstock

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar