Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

CNH atualizada: novas categorias e suas implicações para motoristas

As novas categorias na CNH não mudam as categorias de habilitação no Brasil. Saiba mais sobre as mudanças que visam adequar o documento!

Recentemente, a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) passou por atualizações que introduziram uma nova tabela de códigos de categorias.

Essa alteração tem suscitado diversas dúvidas entre os condutores brasileiros, sobretudo quanto à eventual exigência de realizar novos testes.

A seguir, vamos desvendar questões como essas.

Desvendando os novos códigos da CNH: entendendo as mudanças

Os códigos adicionados à CNH, como A1, B1, C1 e BE, podem parecer complicados à primeira vista.

Muitos condutores pensaram que o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) estava introduzindo subcategorias baseadas na cilindrada das motos ou no tipo de câmbio dos automóveis. Contudo, essas suposições não correspondem à realidade.

O que realmente mudou nas categorias da CNH?

Mão segurando a CNH.
Imagem: rafapress / shutterstock.com

Conforme esclarecimentos de Marco Fabrício Vieira, advogado e membro da Câmara Temática de Esforço Legal do Contran, as categorias de condutores no Brasil continuam sendo as mesmas: identificadas pelas letras A, B, C, D e E.

A inserção dos novos códigos tem um propósito bem específico e não altera os requisitos ou testes para os condutores brasileiros.

Qual é o propósito dos novos códigos na CNH?

Os novos códigos foram criados para seguir um padrão internacional, o que facilita a fiscalização de condutores por agentes de trânsito em outros países.

Essa medida visa principalmente melhorar a identificação e compreensão rápida das categorias de habilitação de turistas ou profissionais que dirigem fora do Brasil.

Como os condutores devem proceder com essas mudanças?

Para os condutores brasileiros, não há necessidade de realizar qualquer ação imediata, como atualizar a CNH ou submeter-se a novos testes. Os códigos apenas complementam as informações já existentes e não implicam mudanças nas condições ou nos critérios para dirigir.

Veja também:

Tem como alugar casa estando com o nome sujo?

Em resumo, a adição de novas categorias na CNH com códigos internacionais é uma adaptação para padrões globais e não deve ser motivo de preocupação para os condutores no Brasil. Em caso de dúvida, consulte o site do Contran ou entre em contato com o DETRAN local.

Imagem: rafapress / shutterstock.com