Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Como saber se você tem direito ao Auxílio Emergencial pelo CPF?

A solicitação do Auxílio pode ser negada por culpa de uma checagem mensal da base feita pelo Ministério da Cidadania.

0

O Auxílio Emergencial findou seu pagamento em dezembro do ano passado, porém alguns beneficiários ainda podem receber parcelas retroativas caso tenham feito a contestação do direito.

No final de janeiro, o Governo Federal divulgou o pagamento para 196 mil pessoas que fizeram a contestação da negação do benefício nos dois últimos meses do ano passado, assim como os beneficiários que tiveram seus pagamentos reavaliados no primeiro mês de 2021.

As pessoas que foram aprovadas tardiamente receberam todas as parcelas pendentes em um só pagamento no dia 28 de janeiro. O pagamento foi da 2ª até a 5ª parcela de R$ 600.

Para aqueles que realizaram a contestação e estão em dúvida se há alguma parcela para receber, veja abaixo o passo a passo para checar essas informações.

É provável que você também goste:

Oficial: novo auxílio emergencial está de volta, e será de até R$ 375

Caixa Tem: atualização de dados cadastrais continua essa semana

Milhões de brasileiros podem ficar sem os benefícios do INSS

Como consultar a aprovação do Auxílio Emergencial?

No período de cadastro para o Auxílio Emergencial, a Dataprev teve 109 milhões de requisições, das quais foram aprovadas 68,7 milhões.

Com o Ministério da Cidadania, a empresa tecnológica abriu um portal para que o povo pudesse requisitar o benefício e acompanhar a situação da requisição. Aqueles que tiveram o pedido negado ou o pagamento suspenso podem acessar o portal da Dataprev para fazer a contestação, ou então, caso já tenha sido feito, é possível consultar pelo CPF para ver se há ainda alguma parcela a receber.

No site da Dataprev é possível checar diversas informações, como: situação do benefício, resultado das análises, motivo da negativa do benefícios, contestação do pedido negado, data de recebimento e envio dos pedidos nos sistemas Caixa e Dataprev.

Para acessá-las, no entanto, deve ser feito o preenchimento dos dados requeridos.

Como é feita a recusa dos pedidos?

A solicitação do Auxílio é negada ou suspensa devido a uma checagem mensal da base realizada pelo Ministério da Cidadania. O intuito da checagem é garantir que o direito seja entregue apenas aos que se encaixam no programa. O órgão ter parceria com a Receita Federal, com a Polícia Federal e com a Controladoria-Geral da União para realizar as análises.

Após a prorrogação do Auxílio, a verificação ficou mais rígida, o que fez com que diversas pessoas se tornassem inaptas a receber o benefício.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Brenda Rocha – Blossom / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...