Como solicitar crédito do Pronampe para micro e pequenas empresas

- Publicidade -

As micro e pequenas empresas precisam de crédito urgente durante a crise causada pelo novo coronavírus. Somente através das linhas de crédito do Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), já foram emprestados 10,58 bilhões pelo Banco do Brasil, Caixa e Itaú até a última sexta-feira, 10. Bradesco e Santander devem começar a operar a linha no final de julho e no começo de agosto.

É provável que você também goste:

Dia do comerciante: Carrefour promove divulgação gratuita de pequenos empreendimentos.

Os 5 melhores cartões de crédito sem anuidade e que estão aprovando em 2020

Abertura de agências do INSS é mais uma vez adiada

Como solicitar crédito do Pronampe para micro e pequenas empresas

Primeiramente, cabe ressaltar que o Pronampe foi criado através de uma lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de maio, especialmente para oferecer condições facilitadas para micro e pequenas empresas durante o período de calamidade pública.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Sebrae em parceria com a FGV entre os dias 29 de maio e 2 de junho, somente 16% das 6,7 milhões de empresas de pequeno porte que procuraram crédito conseguiram. Os principais motivos entre as que não conseguiram crédito, segundo o estudo, foram estar com a empresa negativada, não ter garantias ou considerar os juros altos. Como afirma Pedro Paladino, CEO da Convexa Contabilidade, o Pronampe oferece uma das menores taxas de juros da atualidade.

Entretanto, dos grandes bancos, somente A Caixa Econômica Federal e o Itaú Unibanco possuem limite para continuar operando a linha de crédito. Pela velocidade de empréstimo da semana anterior, as duas instituições financeiras devem atingir sua cota de empréstimos na próxima segunda ou terça-feira.

Como solicitar o crédito do Pronampe

Podem solicitar o crédito microempresas com faturamento anual de até 360.000 reais e empresas de pequeno porte com receita entre 360.000 e 4,8 milhões de reais. Ademais, elas podem conseguir até 30% do faturamento anual de 2019.

O empréstimo tem prazo de pagamento de 36 meses, com oito de carência, e taxa de juros anual de 1,25% mais a Selic (atualmente em 2,25%). Em contrapartida, a empresa precisa se comprometer a manter o número de funcionários durante o pagamento das parcelas.

O procedimento de solicitação de crédito pelo Pronampe é muito simples. Para aquelas que ainda não procuraram uma instituição financeira, o ideal seria procurar uma com a qual já mantém relacionamento, para agilizar o processo de análise de crédito.

O primeiro passo é encontrar o faturamento declarado pela empresa na Receita Federal. O órgão enviou um arquivo a todas as companhias elegíveis ao programa. Caso não tenha recebido o comunicado por e-mail, talvez ele tenha sido direcionado a seu contador. Pela internet, também é possível obter a informação. No site do Simples Nacional, é possível recuperar o faturamento de 2019. Se a empresa não é optante do Simples, é necessário entrar no site do e-CAC para a consulta.

No caso da Caixa Econômica Federal, a solicitação é digital e o cliente só precisa ir à agência para assinar o contrato. Basta entrar no site da Caixa, preencher o formulário de interesse para que um gerente entre em contato para o atendimento. Os clientes podem procurar suas agências diretamente, caso prefiram.

No Itaú, a contratação é totalmente digital. Os clientes conseguem fazer a solicitação pelo aplicativo Itaú Empresas, sem precisar ir até o banco. Na sexta-feira, por problemas técnicos na conexão entre Itaú e Banco do Brasil, administrador do FGO, as concessões foram suspensas, mas voltam na segunda-feira, dia 13, pela manhã.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Antonio Guillem via shutterstock

Eduardo Mendeshttps://seucreditodigital.com.br/author/mendes/
Sou um entusiasta da tecnologia, que também aprecia inovação, empreendedorismo, além de Fintechs e as suas facilidades. Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Co-Fundador do site Seu Crédito Digital.
- Publicidade -

Mais Populares

Como voltar a ter direito ao saque emergencial do FGTS de até R$ 1045

Há algumas semanas, vários trabalhadores que teriam direito ao saque emergencial do FGTS de até R$ 1045 estão sendo surpreendidos ao tentar receber o...

Banco do Povo libera mais de R$ 70 milhões em crédito para MEIs e empreendedores informais

Por meio do Banco do Povo, o governo de São Paulo vai liberar mais R$ 70 milhões em microcrédito para auxiliar microempreendedores (MEI), produtores...

Nubank: Saiba como aumentar seu rendimento para 118% do CDI

A conta do Nubank está sempre evoluindo, e entre as mais recentes inovações, está a possibilidade de optar pelo Resgate Planejado, em fase de...

Empréstimo sem consulta ao SPC/Serasa: Como funciona a antecipação do FGTS

Com o objetivo de amenizar os impactos econômicos em virtude da pandemia do novo coronavírus, a Caixa Econômica Federal anunciou, no mês passado, uma...
- Publicidade -