Se você tem interesse em investimentos e busca uma maior rentabilidade, certamente participar de uma Comunidade de Investimento pode ser uma ótima opção. E se você é cliente do Banco Inter, então saiba que agora você já pode criar uma Comunidade de Investimento dentro do SuperApp. Para saber mais sobre o que é uma Comunidade de Investimento e como criar uma no SuperApp, continue lendo essa matéria!

É provável que você também goste:

Banco do Brasil reduz várias taxas a partir de hoje

Descubra o segredo para ganhar mimos do Nubank e Banco Inter em 2020

Saiba como é definido o limite do cartão de crédito Nubank e o que fazer para aumentá-lo

O que é uma Comunidade de Investimento?

Primeiramente, o principal benefício de se pertencer a uma Comunidade de Investimento é que você pode conseguir taxas de rentabilidade mais altas. No SuperApp do Banco Inter, você pode tanto ser o administrador de uma comunidade quanto entrar em uma que já existe.

Na Comunidade de Investimento, vários investidores se unem e o montante total de seus investimentos é considerado para aumentar a rentabilidade para todos. Em outras palavras, é mais ou menos como se fosse uma “cooperativa de investimentos”. No entanto, ressaltamos que as aplicações, movimentações e resgates de cada investidos são individuais e totalmente anônimos. No caso, a soma dos valores é feita somente para melhorar a rentabilidade dos investimentos.

Como funciona?

Na Comunidade de Investimento, a rentabilidade muda conforme o saldo total do grupo. No entanto, cada membro possui uma taxa de rentabilidade individual. Se a comunidade muda de faixa, por exemplo, cada membro dela terá uma rentabilidade maior em suas próximas aplicações.

Além disso, cada membro pode investir individualmente em produtos de renda fixa do Banco Inter, como LCIs e CDBs, desde que investindo o valor mínimo exigido em cada modalidade, é claro.

Por exemplo, se João tem R$ 200 mil, Maria tem R$ 20 mil, José tem R$ 31 mil e os três decidem formar uma Comunidade de Investimento e investir todo esse dinheiro, o total de investimentos da Comunidade de Investimento será de R$ 251 mil.

Se João quiser investir em LCI, ao fazer a solicitação pelo SuperApp, o sistema vai considerar o montante de João como R$ 251 mil, e não apenas R$ 200 mil que ele tem sozinho. Sendo assim, o sistema dará a João +0,5% de rentabilidade. Portanto, em vez de ter uma rentabilidade de +90% na LCI, a rentabilidade para João será de +90,5%.

Caso João ou qualquer outro membro da comunidade precise resgatar seu investimento, é possível fazer isso quando quiser.

Quanto ao dono da comunidade, ele pode ver o montante total de investimento do grupo, mas não tem como saber quanto cada membro está investindo.

Ao entrar em uma Comunidade de Investimentos, todas as suas aplicações farão parte do montante do grupo. Contudo, a taxa de rentabilidade maior não será aplicada nos investimentos que você já tinha, mas apenas nos próximos investimentos que você vier a fazer no futuro.

Veja como criar o Comunidade de Investimento no SuperApp do Banco Inter

Para quem já possui o SuperApp do Banco Inter, criar uma Comunidade de Investimento sem dúvida é muito fácil. Confira o passo a passo abaixo:

  • Primeiramente, acesse o Super App > investimentos
  • Em seguida, clique em “criar comunidade”
  • Depois, dê um nome para seu grupo
  • Por fim, escolha entre um grupo privado(somente os convidados podem acessar as informações do grupo) ou público (qualquer pessoa pode encontrar o grupo e solicitar a participação).
  • Pronto! Agora você já possui a sua Comunidade de Investimento. Nela, você pode incluir de 2 a 50 membros, que podem ser convidados por link ou pelo número da conta.

E lembre-se: quanto mais pessoas estiverem no grupo e maior for o valor total investido, maior será a sua taxa de rentabilidade. Após criar ou entrar em uma comunidade, não é possível sair dela, mas pode retirar todos os seus investimentos da comunidade em que se encontra.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Fonte: blog do Banco Inter.

Imagem destacada: ITTIGallery / Shutterstock.

Sobre o Autor

Jadre Marques Duarte Junior

Redator-chefe

Graduado em Administração de Empresas pela UFRGS. Apaixonado por marketing, comunicação e finanças, possuo mais de 8 anos de experiência na área de T.I. aplicada a serviços financeiros.

Ver todos os artigos