De acordo com matéria publicada no site Olhar Digital, os usuários precisam ter muito cuidado com o novo saque emergencial do FGTS. Thomas Ranzi é gerente de segurança da Informação, e ao ter o seu FGTS roubado, ele percebeu que isso somente ocorre em virtude de uma falha no sistema de autenticação da Caixa Econômica Federal – CEF. Aqui nesta matéria, saiba como se proteger disso.

É provável que você também goste:

Contas do Caixa Tem estão sendo bloqueadas indevidamente porque hackers estão roubando auxílio emergencial.

Caixa faz HOJE novo depósito do FGTS de até R$ 1045. Saiba quem recebe

Abertura de agências do INSS é mais uma vez adiada

Cuidado: novo golpe põe em risco usuários com direito ao saque emergencial do FGTS

De acordo com Thomas Ranzi, o erro da Caixa Econômica Federal foi ter aproveitado o sistema do auxílio emergencial, ao invés de usar os dados já cadastrados pelo próprio usuário. Ou seja, com isso, qualquer criminoso pode usar informações encontradas na internet e simplesmente criar uma conta.

Thomas afirma que, depois de ter acesso aos dados, os golpistas transferiram o dinheiro para uma conta digital. Foi bem fácil: eles apenas pagaram um boleto, e ficaram com o dinheiro à sua disposição..

Muitos trabalhadores podem nem estar cientes de que esse saque está disponível. Basicamente, trata-se de uma decisão unilateral do governo federal. O dinheiro é tirado da conta de FGTS e deixado disponível para saque em um ambiente desprotegido. Uma das opções para minimizar essa vulnerabilidade, na opinião de Thomas, é integrar as bases de dados.

Para quem quiser tentar proteger sua conta, Thomas sugere cadastrar os dados no Caixa Tem antes mesmo do dinheiro ser transferido pela Caixa. Dessa forma, a conta não vai ser sequestrada por terceiros.Se, ao tentar cadastrar os dados, descobrir que já existe uma conta associada a eles, pode pedir o cancelamento da liberação do saque emergencial.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Fonte: Olhar Digital

Imagem: gustavomellossa via shutterstock

Sobre o Autor

Eduardo Mendes

Cofundador

Sou um entusiasta da tecnologia, que também aprecia inovação, empreendedorismo, além de Fintechs e as suas facilidades. Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. CoFundador do site Seu Crédito Digital.

Ver todos os artigos