Dívida caduca em 5 anos? Posso solicitar um cartão de crédito depois?

Infelizmente, muitos consumidores pelos mais diferentes motivos, endividam-se e não conseguem honrar com os seus compromissos. Consequentemente, o nome vai parar nos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa. Entretanto, quando passam 5 anos, a dívida caduca, e o nome sai automaticamente dos órgãos de proteção ao crédito, como SPC, Serasa, entre outros órgãos.

Leia também:

Banco Inter vai lançar programa de pontos em breve.

Neon lança seu cartão de crédito sem anuidade.

Existe score mínimo para conseguir um cartão de crédito?

Dívida caduca em 5 anos?

A dívida caduca em 5 anos, ou seja, está prescrita a cobrança de débitos do consumidor, inclusive está previsto no novo Código Civil, no Art. 206:

§ 5o Em cinco anos:

I – a pretensão de cobrança de dívidas líquidas constantes de instrumento público ou particular;”

Entretanto, a dívida continua existindo naquela instituição financeira. E ainda, em alguns casos a dívida é vendida para terceiros, que podem cobrar os clientes durante anos. Além disso, ainda acontece algo que é desconhecido de muitos consumidores. No Banco Central, a sua dívida é apontada como prejuízo, no Relatório de Informações Resumidas dos Clientes, e pode ser consultada através de um relatório chamado de Registrato.

E o que acontece? Mesmo que a dívida caduque, outras instituições conseguem visualizar essas informações que continuarão aparecendo no referido relatório. Ademais, elas podem negar o crédito para sempre ao consumidor.

O que é melhor a fazer?

O melhor a se fazer é negociar diretamente com a instituição bancária este valor que foi apontado como prejuízo, e que aparece no Registrato do BACEN. Procure diretamente a instituição financeira que você ficou devendo, e proponha o pagamento do valor principal e dos juros. Portanto, o seu nome será removido do relatório do Banco Central.

Infelizmente, se você negociar e pagar apenas o valor principal sem os juros, estará ainda deixando um prejuízo para a instituição financeira. Com isso, seu nome continuará aparecendo nos relatórios do BACEN. Portanto, procure o banco e pague por esta dívida assim que você tiver disponibilidade.

Onde consultar o Registrato?

O Registrato pode ser consultado por qualquer pessoa. Ele fica no site do Banco Central do Brasil, e é necessário preencher os seus dados e obter uma frase de segurança. Feito isso, vá no seu Internet Banking e valide a frase de segurança. Por fim, com a sua frase de segurança validada, faça o seu cadastro para obter a sua senha de acesso.

É possível solicitar um cartão de crédito depois?

Isso depende. O que acontece mais frequentemente, é a negativa de aprovação de crédito por algumas instituições financeiras. Elas podem visualizar o seu histórico de prejuízos causados no passado. E você não vai saber por que terá seu crédito negado.

Entretanto, cada caso é um caso. Algumas instituições financeiras, como o Santander, preferem priorizar o bom relacionamento dos seus clientes. Contudo, elas podem fornecer até cartão de crédito, nestes casos. Há relatos de que Fintechs como Banco Inter, Neon e Meu Pag frequentemente liberam cartões de crédito para clientes com baixa pontuação no Score de crédito.

Se você quiser, dê uma conferida neste artigo que produzimos anteriormente, com 5 cartões de crédito para quem tem score baixo.

Gostou da notícia?

Então siga nossas redes sociais FacebookTwitter Instagram para continuar acompanhando todos os artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das Fintechs.

Sobre o autor Ver Posts Author website

EDUARDO MENDES

Sou um entusiasta da tecnologia, que também aprecia inovação, empreendedorismo, além de Fintechs e as suas facilidades.
Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e fundador dos sites Optclean Tecnologia, Conexão Estudante e Seu Crédito Digital.

Comentários no Facebook