Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Cuidado: negociar dívidas bancárias unificando débitos reduz limite de crédito

0

Se você possui dívidas com o banco, deve ter conhecimento que mais cedo ou mais tarde, vai começar a receber vários telefonemas e mensagens de texto sem parar. Por esse motivo, é importante se antecipar e procurar o banco para tentar uma renegociação. Dependendo da taxa de juros, em apenas alguns meses de atraso, a sua dívida pode se transformar em uma verdadeira bola de neve. Todavia, como se isso não bastasse, se você possui um cartão de crédito liberado pelo banco, tome muito cuidado na hora de renegociar a sua dívidas, pois podem lhe oferecer uma proposta de unificar os débitos em apenas um contrato. Em um primeiro momento, isso pode parecer vantajoso, mas pode ter uma pegadinha neste acordo com os bancos. Entenda o que pode acontecer.

É provável que você também goste:

Na contramão de outros estados, governo do RS acaba com pagamento do IPVA parcelado e desconto por antecipação.

Black Friday: Mercado Livre vai oferecer promoção no mês de novembro inteiro.

Seja membro

Confira 7 dicas fundamentais para aumentar o limite no Santander Free

Cuidado: negociar dívidas bancárias unificando débitos reduz limite de crédito

Primeiramente, se você possui uma dívida com o banco, o melhor a se fazer é tentar uma negociação diretamente com o seu gerente. Perca o medo, e vá enfrentar este problema de frente. Ofereça a sua disponibilidade para pagar as parcelas mensalmente, e se possível dê um valor adiantado.

Contudo, se você optar em reescalonar a sua dívida, tome muito cuidado ao unificar os débitos em apenas um único contrato, pois isso pode reduzir o seu limite de crédito disponibilizado pelo banco. Aliás, isso acontece com todos os seus limites, como o limite de cheque especial, do cartão de crédito, e tudo mais.

Ou seja, se você não prestar atenção a este detalhe, muitas vezes o banco não alerta em relação ao ônus desta negociação, e pode pegar você de surpresa.

O que fazer?

O melhor a se fazer é negociar separadamente com o banco, através de uma operação individual, sem a unificação de contratos. Se você tiver algum dinheiro para dar como entrada deste parcelamento, não hesite em aproveitar, e pedir um desconto nas taxas de juros.

Entretanto, se você já se encontra muito endividado, confira este artigo aqui com 6 dicas para limpar o nome do SPC e Serasa.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.