Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Empréstimo online FACILITADO em época de pandemia – Entenda as oportunidades!

0

A pandemia de COVID-19 está fazendo com que muitas pessoas e empresas tenham problemas financeiros: pode ser para pagar uma conta, para pagar um tratamento médico ou para organizar as principais despesas de uma empresa. Justamente por causa de todas essas necessidades e da diminuição de entrada de dinheiro nas casas e empresas, o empréstimo online facilitado se tornou muito mais comum, inclusive com planos especiais vindos do governo federal para que pessoas jurídicas e físicas tenham mais acesso a esse crédito. Uma das apostas do Ministério da Economia para que os empréstimos sejam mais facilitados é diminuir a taxa de juros.

É provável que você também goste:

Calendário da segunda parcela do Auxílio Emergencial deve sair só na semana que vem

Empréstimo para assalariado: quais são as chances em meio à crise?

Empréstimo online FACILITADO em época de pandemia – Entenda as oportunidades!

Quem deve pedir o empréstimo?

Pessoas físicas e jurídicas podem fazer a solicitação de empréstimo facilitado, bastando buscar uma financeira. A partir da sanção feita pelo presidente Jair Bolsonaro, os juros devem ficar abaixo de 45% e, por isso, é a hora certa para organizar os débitos.

Pessoas físicas, por exemplo, podem fazer seus pedidos de empréstimo facilitado e, com isso, pagar contas de casa, colocar parcelas em ordem e até fazer uma pequena reserva.

Já as pessoas jurídicas podem aproveitar a concessão de empréstimo facilitado e online para pagar dívidas com equipamento e pagar funcionários. Aliás, essas pessoas jurídicas, dependendo do seu ramo de trabalho, podem também usar o empréstimo online facilitado como uma forma de mudar seu funcionamento na quarentena e atender a entregas.

Como o governo tem facilitado o empréstimo?

De acordo com a lei “Empresa Simples de Crédito”, as pessoas jurídicas que se classificam como startups podem fazer seus empréstimos no sistema Inova Simples.

No entanto, várias outras empresas e pessoas físicas podem receber dinheiro emprestado online e de forma facilitada com mais parcelas tornando seu valor mais plausível em um período de menor renda para todos.

Outra opção é a pessoa jurídica ou física passar a emprestar dinheiro a outros, seguindo as regras financeiras do governo federal. Uma delas é manter até R$ 48.000.000,00 de faturamento; sendo ela maior, o sistema “Empresas Simples de Crédito” deixa de valer.

Regras de empréstimo para MEI

Os Microempreendedores Individuais (MEI) são alguns dos que mais solicitam empréstimos por causa dos investimentos, da necessidade de pagar tributo e outros gastos.

Por isso, e por eles também serem muito afetados por causa do isolamento social e diminuição de clientes, é claro que o governo federal também anunciou algumas regras especiais para facilitar o crédito online desse público.

Para que os microempreendedores individuais possam solicitar seu crédito online facilitado, é obrigatório que eles criem um Plano de Ação e Investimento, que serve para detalhar como será usado o dinheiro contratado.

Também é obrigatório possuir as documentações da microempresa, tais como CPF, certificado de MEI, documento oficial de identidade com foto e comprovante de residência.

É fundamental que o MEI também esteja seguindo as normas do Portal do Empreendedor para estar nessa condição tributária. Isso quer dizer que o seu ganho anual deve ser, comprovadamente, de até R$ 81.000,00, além de ter quitado os tributos reduzidos e obrigatórios.

Regras para empréstimo de pessoa física

As pessoas físicas que desejarem ser fornecedoras de empréstimo na modalidade “Empresa Simples de Crédito” precisa, como dito, ter até R$ 48.000.000,00 de faturamento por ano.

Já quem é pessoa física e quer pegar um empréstimo em financeira de forma online e facilitada precisa estar com o seu nome limpo, a menos que a instituição de crédito não faça essa exigência.

Também é obrigatório que esse MEI tenha um CPF regular e que seja maior de idade. Além dessas regras, ele também deverá tomar conhecimento das regras que a própria financeira eventualmente tiver.

Empréstimo online está mais fácil na quarentena?

Todo tipo de atividade online está ainda mais facilitado e isso inclui o empréstimo: afinal, as financeiras não podem atender aos seus clientes físicos e jurídicos pessoalmente. Por isso, o empréstimo pode ser solicitado pela Internet com mais rapidez, até se a pessoa não costuma fazer esse tipo de coisa virtualmente.

Para requisitar os empréstimos online, é só a pessoa jurídica ou física acessar o site dessa financeira e consultar as condições referentes às parcelas, aos juros e à necessidade de estar com o nome sem restrições no SERASA.

Quem já fez um empréstimo sabe que a financeira pede alguns documentos e isso continua acontecendo quando o crédito é online. No entanto, esses documentos passam a ser digitalizados, ou seja, o requisitante pode tirar foto da frente e verso de todos os documentos ou scaneá-los.

Em algumas horas, a financeira faz a análise do perfil da pessoa jurídica ou física para permitir o empréstimo. Também em algumas horas, o valor do empréstimo é enviado para a conta bancária que o solicitante cadastrar.

As dúvidas sobre o empréstimo online facilitado são solucionadas pela financeira na Internet.

Está precisando de um empréstimo? Faça uma simulação AGORA MESMO!

Com as melhores taxas do mercado e condições de pagamento imperdíveis!

>> Faça sua simulação agora <<

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Antonio Guillem via shutterstock

Comentários
Carregando...