Como fazer um cartão de crédito com nome sujo no SPC e Serasa

0

O uso do cartão de crédito sem dúvida já é hábito dos brasileiros. Atualmente, é difícil quem não tenha um cartão de crédito e faça uso desse recurso, evitando assim carregar dinheiro na carteira. No entanto, infelizmente, muitas vezes as contas se acumulam e o consumidor acaba sendo negativado. Então surge a dúvida: é possível fazer um cartão de crédito com o nome sujo?

É provável que você também goste:

Depois de aprovado, quanto tempo demora para receber o Auxílio Emergencial?

Quase 30% dos pedidos de Auxílio Emergencial são NEGADOS pelo governo

Caixa fecha parceria com Magalu para oferecer compras on-line sem cartão de crédito

Neste texto, vamos explicar se é possível ou não fazer um cartão de crédito estando com nome sujo no SPC ou no Serasa, indicando o melhor caminho a seguir para quem deseja aproveitar desse recurso sem piorar sua situação financeira.

Cartão de crédito com o nome sujo: como conseguir?

Primeiramente, é importante lembrar que o cartão de crédito, por ser uma das formas de pagamento mais utilizadas pelo brasileiro, também é um dos maiores motivos de dívidas atualmente. Por isso, quem já está com problemas de dívidas deve ter cuidado na hora de fazer um cartão de crédito com o nome sujo. No entanto, se o seu objetivo é realmente fazer um cartão, é importante conhecer as melhores opções e os cartões de crédito que ofereçam mais flexibilidade na aceitação de clientes nessa situação.

A seguir, listamos as melhores opções para fazer cartão de crédito com nome sujo no SPC e Serasa, explicando as vantagens de cada opção. Confira!

Cartão de crédito pré-pago

Existem empresas que oferecem cartões de crédito pré-pagos como alternativa para as pessoas que buscam um cartão de crédito tendo o nome sujo. Nesse caso, o importante é avaliar fatores de adesão, recarga, saque e mensalidade.

Um cartão pré-pago funciona basicamente da modo inverso ao do cartão de crédito tradicional. Primeiro você carrega um valor específico, e depois passa a utilizar esse valor em seu cartão, até que o valor se esgote e os gastos sejam bloqueados. Isso permite maior controle financeiro e deixa você longe do cheque especial. O PagSeguro, o PicPay e o RecargaPay são algumas das opções de cartão de crédito para quem está com o nome sujo.

Cartão de crédito consignado

Outra opção pode ser o cartão de crédito consignado, disponível para aposentados e pensionistas do INSS, servidores públicos, trabalhadores de empresas privadas e militares. Com ele, você recebe um cartão com um valor mínimo que é descontado diretamente na folha de pagamento ou do benefício.

Por ter um pagamento mínimo garantido, as taxas costumam estar entre as menores do mercado, oferecendo mais segurança de que o pagamento será realizado. Em geral, a taxa do cartão consignado não passa dos 4%.
O Banco Inter, o Bradesco, o Banco Pan, a Caixa e o BMG Card são alguns dos bancos que oferecem a opção de cartão consignado.

Controle financeiro é fundamental

Por fim, é importante lembrar que todos esses cartões dependem de um controle financeiro para não colocarem você em mais dívidas. Além disso, é importante buscar formas de limpar seu nome em órgãos de análise de crédito, melhorando suas chances de conseguir crédito futuramente. Descubra, aqui, 5 formas de fazer isso!

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Jacob Lund, via Shutterstock.

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar