Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Confira 4 formas de sacar o FGTS a qualquer momento

Atualmente, apesar de ser um direito, o saque do FGTS é extremamente limitado

0

Qualquer trabalhador que exerce atividade de carteira assinada possui direito ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Ou o chamado FGTS. De maneira geral, o benefício tem como objetivo formar uma reserva de dinheiro para o trabalhador, sendo que todo mês a empresa é obrigada a depositar o equivalente a 8% do salário em uma conta na Caixa. Contudo, atualmente, apesar de ser um direito, o saque do FGTS é extremamente limitado. Mas existem situações em que você pode usar esse dinheiro. Então, para saber mais, confira a seguir.

Confira 4 formas de sacar o FGTS a qualquer momento

Dessa forma, como explicamos, mesmo sendo direito do trabalhador, o FGTS possui regras específicas para o saque. A modalidade mais comum e adotada pelos trabalhadores é o saque-rescisão. Ou seja, ocorre quando você sofre demissão, mas sem justa causa. No caso da demissão por justa causa, o trabalhador também não têm direito ao saque do fundo.

Entretanto, apesar de ser um dinheiro de difícil acesso, devido às regras mais restritas, existem algumas situações onde o trabalhador pode antecipar integralmente ou parcial esse valor. Veja a seguir 4 delas!

1. Saque-aniversário

A modalidade do FGTS que mais tem se tornado popular é o saque-aniversário. Com ela, você pode retirar anualmente, no mês de seu aniversário, uma parte do saldo do seu FGTS, e mais um adicional do Fundo de Garantia. Desde que tenha dinheiro em conta, é claro. Lembrando que essa é uma modalidade opcional. Portanto, para receber é necessário que o trabalhador sinalize o interesse a aderir a modalidade.

2. Para compra de um imóvel

No caso da compra de um imóvel, os trabalhadores também podem utilizar o saldo do FGTS. Isso é possível tanto para dar entrada no imóvel quanto para amortização de financiamento. Isso pode gerar uma redução de até 80% no valor ou ainda no número de parcelas do financiamento. Nesse caso, você podia usar o valor em imóveis de até R$ 1,5 milhão.

No entanto, desde agosto deste ano, os trabalhadores também podem utilizar o saldo do FGTS para abater prestações do primeiro imóvel no valor de até R$ 1,5 milhão, financiado no SFI (Sistema de Financiamento Imobiliário).

3. Em caso de doença

Uma possibilidade de saque do Fundo de Garantia muito importante, mas pouco conhecida, é a possibilidade de saque do FGTS em caso de doenças. Ou seja, quando o trabalhador ou ainda os seus dependentes são diagnosticados com alguma doença considerada grave. Nesse caso, o trabalhador pode retirar o saldo do FGTS perante apresentação do laudo.

4. Por fim, aposentadoria garante o saque do FGTS

E por último, o trabalhador que se aposentar pelo INSS passa a ter direito de receber todo o saldo depositado nas contas do FGTS. Além disso, caso o trabalhador se aposente e continue trabalhando na mesma empresa, pode resgatar todo o mês o saldo depositado nas contas do Fundo de Garantia.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o FacebookTwitterTwitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de créditoempréstimosfintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar