O Auxílio Emergencial, medida criada para auxiliar trabalhadores que tiveram sua renda comprometida durante a pandemia, já está em prosseguimento com seu pagamento da terceira parcela, iniciado nesta quarta-feira (17). Além disso, milhares de pessoas que ainda não haviam recebido a primeira parcela também passaram a receber o valor. Entre todos que já receberam alguma das parcelas, existem, porém, alguns que passam por um problema comum e que vem se tornando temido por muitos beneficiários: as fraudes no aplicativo Caixa Tem.

O problema se tornou tão grave que a Polícia Federal emitiu nota oficial em Brasília sobre o assunto. Na nota, é orientado que os cadastrados com direito ao auxílio emergencial que identificaram fraudes no aplicativo Caixa Tem, como saques sem consentimento, se dirijam a uma agência da Caixa Econômica Federal, iniciando o processo de contestação. Dessa foma, não é necessário comparecer em uma instituição da PF para emitir o Boletim de Ocorrência (B.O.).

É provável que você também goste:

Correios registram lucro líquido de R$ 102 milhões em 2019

Qual a diferença entre boleto de cobrança e boleto de depósito Nubank?

O que acontece com o desconto do empréstimo consignado em caso de demissão?

Entenda o que fazer se ocorrer a fraude

Após fazer a contestação pessoal em agência, declarando que você sofreu algum tipo de fraude no aplicativo Caixa Tem, a Caixa averiguará a situação. Dessa forma, se for identificada a fraude, o beneficiário será ressarcido com o mesmo valor movimentado sem o seu consentimento. Porém, conforme havia sido orientado anteriormente, não é necessário fazer um Boletim de Ocorrência antes de ir até uma agência da Caixa. Assim, caso identificada a fraude no aplicativo Caixa Tem, basta ir imediatamente até uma agência física da Caixa para abrir o processo de contestação, informando que você sofreu a fraude no aplicativo Caixa Tem.

Por fim, após a reclamação oficializada, a Caixa fará a análise da contestação e, se preciso, tomará as providências necessárias. De acordo com o banco, o processo será avaliado no menor prazo possível e, caso a fraude no aplicativo Caixa Tem seja confirmada, todas as ações necessárias serão tomadas. Dessa forma, a agência da Caixa entrará em contato com o cliente e passará mais informações sobre o caso, até que ele seja resolvido.

Se necessário, o caso seguirá para investigação

Segundo a Polícia Federal, a medida foi tomada para que os casos de fraudes no aplicativo Caixa Tem sejam avaliado pela Polícia, se forem necessários esclarecimentos adicionais. Nesse caso, a Polícia Federal entrará em contato com o beneficiário através dos dados informados no processo de contestação realizado na agência da Caixa. Assim, o procedimento evita deslocamentos desnecessários e aglomerações durante pandemia. E, também, não causa prejuízos para as investigações, uma vez que casos de eventuais condutas criminosas serão compartilhados entre a Caixa e a Polícia Federal.

Por fim, foi informado que todas as informações recebidas serão devidamente investigadas. Em seguida, dependendo do caso, as fraudes no aplicativo Caixa Tem serão encaminhadas para órgãos centrais da Polícia Federal para análise e tratamento dos dados com ferramentas específicas. Assim, as ocorrências serão apuradas com a finalidade de identificar o local do crime e a atuação de grupos criminosos, tornando o processo mais eficiente. Após a análise inicial, as informações são encaminhadas às unidades da Polícia Federal em seus respectivos estados, dando prosseguimento às investigações.

Veja como evitar fraudes no aplicativo Caixa Tem

Para evitar esses tipos de fraudes e não ter seu dinheiro movimentado por terceiros, é importante tomar alguns cuidados. Segundo a Caixa, o maior risco hoje está nos acessos que são realizados pelos próprios usuários. Assim, é possível cair em golpes através de mensagens, sites fraudulentos ou mesmo aplicativos falsos. Por isso, para evitar ter seu dinheiro roubado do aplicativo Caixa Tem, é importante utilizar os canais oficiais da Caixa ou do Governo.

Além disso, a Caixa já esclareceu que NUNCA envia SMS com links para acessar os serviços. Por fim, esteja sempre atento a atividades suspeitas, como pedidos para clicar em links recebidos por SMS, WhatsApp ou redes sociais para acesso a contas e valores a receber. Dessa forma, a melhor forma de prevenir-se de fraudes no aplicativo Caixa Tem é a prevenção.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: Brenda Rocha / Shutterstock.com

Sobre o Autor

Bruna Valtrick

Redatora

Graduada em Jornalismo, apaixonada por escrita, linguagem e comunicação. Experiência em marketing digital e em redação publicitária.

Ver todos os artigos